Num jogo pegado e com o time visitante na retranca, o Grêmio conseguiu a virada e venceu por 3 x 1 a Ponte Preta, seguindo na segunda colocação do brasileirão, agora apenas 8 pontos atrás do líder Corinthians. Com 2 gols de Barrios, 1 de Éverton e gol contra do Rafael Thyere o jogo foi marcado por muita movimentação.

(Foto: Lucas Uebel/ Grêmio)

O primeiro tempo começou com duas finalizações da Ponte Preta, que mostrou entrosamento e agilidade. O jogo seguiu como o previsto, já que o time visitante vinha de 4 derrotas consecutivas e precisava da vitória. Com marcação sempre forte, esperando para armar o contra-ataque. Logo no início do jogo, aos 8 minutos, Sheik faz falta em Arthur e leva o primeiro amarelo do jogo. Pode-se ressaltar que o time da Ponte, apesar de não marcar há 300 minutos, tem o vice artilheiro do brasileirão, Lucca com 7 gols. O time da casa passou o primeiro tempo concentrado nas laterais, para poder furar o bloqueio. As primeiras finalizações foram do time visitante, mas aos 23 minutos veio a primeira finalização do Grêmio com Ramiro, o goleiro Aranha fez a defesa. O jogador Jeferson da Ponte, recebe cartão amarelo por retardar o reinício do jogo(o que o deixa pendurado e é desfalque no próximo jogo). Ao cobrar a lateral, o time visitante arma a jogada e no cruzamento do Lucca, Rafael Thyerre marca contra. 0x1 Ponte Preta. O final do primeiro tempo foi marcado por intensa pressão do Grêmio.

(Foto: Lucas Uebel/ Grêmio)

Para o segundo tempo, o técnico Renato investiu em Fernandinho no lugar de Arthur, com o intuito de vencer a marcação com a técnica de jogada individual que o jogador tem. Aos 10 minutos de jogo da segunda etapa, as finalizações estavam 6×3. Aos 11 minutos, Pedro Rocha cruza com precisão para Lucas Barrios marcar o gol de empate, na bola desviada que enganou o goleiro. 1×1. Edílson levou cartão amarelo, num momento que o jogo vinha ficando mais pegado. Aos 23 minutos, Fernando Bob comete pênalti em cima de Fernandinho e Barrios vai para a cobrança. 2×1! O time gaúcho ia segurando o jogo, com a maior posse de bola e indo para cima do adversário. Aos 42 minutos, uma linda jogada que teve em torno de 6 passes certos até chegar no fundo das redes, decidiu o jogo. Luan passa para Ramiro, que de cabeça cruza para Éverton finalizar, também de cabeça. Com esse gol, Éverton empata com Luan na artilharia gremista do Brasileirão, com 5 gols cada.

O próximo compromisso do Grêmio válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro será contra o Vitória, às 19h30 de quarta(19), no Barradão. Já a Ponte Preta retorna a campo também na quarta(19) às 21h00, no Moisés Lucarelli, contra o Coritiba.

Coletivas:

Foto: Lucas Uebel

Renato Portaluppi: “É claro que podemos alcançar o Corinthians. Tem muito campeonato ainda. Nosso grupo é forte, mas não adianta o Corinthians tropeçar e a gente não vencer. Temos que fazer a nossa parte. Foi o que o Grêmio conseguiu hoje. Nós merecíamos a vitória hoje. Fomos o único time que buscou jogar e os três pontos a todo momento. Vou preservar jogadores em algum momento. O calendário é apertado e a sequência de jogos é grande”.

(Foto: Divulgação/Grêmio)

Romildo Bolzan: “Não vamos abrir mão de buscar títulos. Queremos conquistar tudo que vamos disputar em 2017. Propostas ainda não chegaram, mas existe muita sondagem pelos nossos jogadores. Nós temos condição de buscar títulos mesmo com uma possível venda do Luan para a Europa. Gostaríamos de ter o jogador até o final do ano. Mas, não temos ainda nenhuma proposta em mãos. Grêmio às vezes faz uma escolha por repousos e pausas aos jogadores. Mas, tentaremos chegar vivos em todos os torneios. (sobre as declarações do goleiro Aranha) – Espero que esse episódio passe, mas o torcedor não esquece dessa injustiça.”

Aranha: “Normalmente na região Sul do país é sempre assim. Muito ódio. A torcida tem certeza de que a culpa é minha. Eu não posso entrar nessa onda e não posso revidar. Procuro me focar no jogo. Quando eu venho aqui na Arena, eu evito olhar para a arquibancada. Pois, se eu olho, eu vejo ódio na torcida contra mim. Vi o cartaz de um menino me pedindo perdão. Eu fico feliz por isso no meio de tanta gente que me olha com tanto ódio aqui.”

Ficha Técnica:

Local: Arena, Porto Alegre(RS) / Horário: 16h00 (Brasília) / Árbitro: Claudio Francisco Lima E Silva(SE) / Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Fabio Pereira (TO) / Cartões Amarelos: Emerson Sheik e Jeferson (Ponte); Edílson (Grêmio) / Gols: Rafael Thyerre, do Grêmio, gol contra aos 34’/1ºT; Lucas Barrios, do Grêmio, aos 11’/2ºT; Lucas Barrios, do Grêmio, gol de pênalti aos 25’/2ºT; Éverton, do Grêmio, aos 42’/2ºT.

Grêmio: Grohe; Edílson, Geromel(C), Rafael Thyere e Bruno Cortez; Michel, Arthur (Fernandinho, 2ºT), Ramiro, Luan e Pedro Rocha (Éverton, 36’/2ºT); Lucas Barrios (Marcelo Oliveira, 39’/2ºT).

Técnico: Renato Portaluppi

Ponte Preta: Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Rodrigo, Jefferson; Fernando Bob(C) (Jean Patrick, 28’/2ºT), Naldo (Felipe Santana, 31’/2ºT), Jadson e Renato Cajá (Negueba, 14’/2ºT); Emerson Sheik e Lucca.

Técnico: Gilson Kleina

Informações adicionais:

Público e renda na Arena:

Público pagante: 19.292 / Público total: 21.133 / Renda: R$ 677.199,00

Grêmio e seus números na Arena após o jogo:

156 jogos / 97 vitórias / 35 empates / 24 derrotas / 239 gols marcados / 99 gols sofridos / 1 título

Comenta aí:
Compartilhe ;DShare on Facebook119Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Buffer this page