A duras penas o Tottenham se garantiu sua classificação para as oitavas-de-final da UEFA Champions League. Em um grupo com Barcelona, Inter de Milão e PSV, a equipe de Londres carimbou sua vaga apenas na última rodada, no Camp Nou. Entretanto, tudo o que os Spurs não estão tendo na atual temporada é tranquilidade. Além de cair no grupo da morte, o sorteio das oitavas colocou um adversário indigesto para a equipe do norte de Londres, o Borussia Dortmund.

A Liga dos Campeões não foi fácil para o Tottenham. A equipe começou sua campanha com duas derrotas, para Inter e Barcelona. Contudo, buscou reabilitação nas rodadas seguintes, empatando e ganhando do PSV e ganhando da Internazionale. Assim, disputando cabeça-a-cabeça com a Inter, o Tottenham foi para o Camp Nou realizar uma missão quase impossível. Dembelé abriu o placar para os Catalães aos 7 minutos, deixando a situação dos Spurs complicadissima. Porém, após suportar grande pressão, aos 85 minutos a sorte sorriu para os londrinos. Kane encontrou Lucas entrando na áerea, e o brasileiro apenas tirou do goleiro do Barça para comemorar o gol e a classificação.

Números dos Spurs na competição

Sem dúvidas o grande destaque do Tottenham na Champions League é Harry Kane. O capitão do English Team é o artilheiro dos Spurs na competição, com 4 gols. Além dele, Eriksen e o Lucas Moura também foram importantes durante a fase  de grupos. O dinamarques e o brasileiro marcaram dois gols cada. Entretanto, alguns jogadores deixaram a desejar, como Dele Alli e Danny Rose.

Apesar de Kane ter dado conta do recado durante a primeira fase, não se pode dizer o mesm da defesa. Em 6 jogos a equipe de Londres sofreu 10 gols, uma média alta para quem sonha em conquistar algo na europa.

Além dos 4 gols marcados, Kane deu a assitência para Lucas na partida decisiva diante do Barcelona. Foto: Getty Images

O pesadelo no mês de janeiro

Após a classificação para as oitavas se esperava que finalmente os ventos soprariam a favor do Tottenham em 2019. Apesar do incomodo sorteio na Champions League, a equipe estava proxima da liderança na Premier League e Copa da Liga Inglesa. Contudo, começou o mês das bruxas para o Tottenham. Son foi convocado para a disputa da Copa da Ásia, Dele Alli se machucou na partida diante do Fulham. Entrentanto, quando se esperava que as más noticias tinham se encerrado, o inesperado aconteceu. Harry Kane machucou novamente os ligamentos do tornozelo direito e perderá as partidas das oitavas-de-final.

Se as lesões devastaram os torcedores, o futebol apresentado em campo também. Nas semi-finais da Copa Da Liga Inglesa o Tottenham saiu na frente do Chelsea na primeira partida, ganhando por 1×0 no Wembley. Contudo, perdeu por 2×1 no Staford Bridge e viu a vaga escapar entre seus dedos nas penalidades. Se não bastasse uma eliminação no dia 24, no dia 27, jogando com os reservar, outra eliminação estaria por vir. Dessa vez na Copa da Inglaterra, e outra vez para um time de Londres, só que dessa vez para o Crystal Palace.

A decepção de Dele Alli reflete não só a sua com a lesão que o tirou do confronto com o Dortmund, mas também como a de toda a torcida após o mês de janeiro. Foto: Getty Images

A esperança vem do oriente

Entretanto, uma luz no fim do túnel, de maneira improvavél, apareceu para o Tottenham. Com a eliminação precoce da Coreia do Sul na Copa da ÁsiaSon Heung-min retornou para Londres e irá reforçar os Spurs no duelo contra os alemães. Son voltou a atuar ontem(30/01) e foi importantissímo na vitória por 2×1 diante do Watford. O Coreano marcou o gol de empate e recolocou os Spurs na partida, que acabou virando com Llorente no final da partida. Dessa forma, na Premier League, o Tottenham é o terceiro colocado com 54 pontos, 7 atrás do líder Liverpool.

Assim, Son é a principal arma dos ingleses diante do Dortmund. A atuação dele junto com a de Eriksen será fundamental para o Tottenham sonhar com a classificação. A equipe alemã lidera a Bundesliga, com 48 pontos, 6 a frente do poderoso Bayern. A atuação defensiva será essencial na primeira partida, que será realizada em Londres. Não sofrer um gol em casa é de suma importância para a classificação.

Son já passou por uma grande provação nessa temporada, levar a Coréia do Sul ao título nos Jogos Ásiaticos e deixar de servir o éxercito. Se ele conseguiu esse grande feito, por que não sonhar com uma classificação diante do badalado líder da Bundesliga? Sem Kane e Ali, ele será o “fator X” para os Spurs nas oitavas-de-final.

A volta de Son é a esperança da classificação na Champions League. Na temporada ele soma 29 jogos, 13 gols e 9 assistências. Foto: Associeted Press
Comenta aí:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here