Imperdoável

0
851

Atlético faz jogo horrível e sucumbe frente ao Grêmio em Porto Alegre, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

O Atlético entrou ontem no jogo contra o Grêmio buscando trazer um bom resultado para decidir a vaga na baixada, mas o que se viu foi um time apático, sem vontade e com erros primários em campo. O resultado? 4 a 0 pro Grêmio, e cabia mais.
Eduardo Baptista entrou com Deivid no lugar de Lucho e Pablo no lugar de Ederson, que não pode jogar a Copa do Brasil. E os dois foram completamente nulos em campo. Deivid é esforçado, mas infelizmente não tem a técnica necessária pra ser um bom marcador. Completamente perdido em campo, viu o meio campo do Grêmio dar um baile em sua péssima marcação. Pablo não está conseguindo jogar bem nesse ano, e ontem não foi diferente, na única oportunidade que teve ainda no primeiro tempo, tentou enfeitar e jogou a bola nas mãos do goleiro adversário.
No segundo tempo, após já estar perdendo de 3 x 0, Nikão ainda foi expulso, deixando a equipe numa situação pior do que se encontrava.
O Atlético Paranaense, que vinha de quatro vitórias consecutivas, não soube marcar a ótima equipe do Grêmio. O desnível técnico ficou evidente. Mesmo com larga vantagem no placar, o time adversário marcava pressão, roubando facilmente a bola ainda no campo de ataque.
A equipe do Atlético não consegue apresentar uma solidez nas apresentações em campo. Ontem foi a pior partida do ano, e o Grêmio, que tem o melhor futebol do Brasil, não perdoou.
A deficiência técnica e tática ficou muito evidenciada. A dupla de zaga fez o que pode, mas a linha de volantes estava completamente perdida frente a grande movimentação dos meias e atacantes gremistas.

Créditos: Marco Oliveira

Agora, somente um milagre pra reverter. Já vimos grandes viradas na história do futebol, mas com a diferença técnica escancarada que tem os times, acho improvável a virada.
Foco na Libertadores. Uma vitória na quarta que vem na Vila Capanema contra o Santos virou obrigação.

Comenta aí:
Share on Facebook20Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Buffer this page