No último domingo Jameis Winston comemorou seu aniversário de 25 anos. Ele finalizou sua quarta temporada na NFL e sem dúvida o camisa 3 é um dos jogadores mais controversos da liga até o momento. E muito mais por conta de suas atitudes fora de campo do que dentro delas. Antes de entrar na NFL, no ano de 2013, Winston levou sua equipe da faculdade, a Florida State University, ao título nacional, sendo o MVP(jogador mais valioso) da partida. Assim, ele acabou levando o Heisman Trophy, prêmio dado ao melhor jogador universitário da temporada.

Jameis com o troféu de melhor jogador universtário, o Heisman Trophy. Foto: Brad Penner/USA TODAY Sports

Porém, desde que ele entrou na liga, em 2015 não conseguiu levar sua equipe aos playoffs uma única vez. Marcus Mariota, quarterback da mesma classe, levou os Titans a pós-temporada em 2017. Isso sem contar outros jovens quarterbacks que já conseguiram esse feito, como Dak Prescott, Mitchel Trubisky, Patrick Mahomes, Lamar Jackson e Jared Goff. Mas o que fica claro é que as equipes dos outros quarterbacks possuem um time melhor em torno deles.

Por isso que o futebol americano é um esporte coletivo.

Mas se levarmos em consideração apenas os números individualmente, Winston está no caminho de outros grandes quarterbacks que já passaram pela NFL. Ao todo, o camisa 3 dos Buccaneers ja passou para 88 touchdowns. Esse números é melhor que outros grandes quarterbacks no mesmo periódo de 4 anos. Peyton Manning, por exemplo, passou para 85. Drew Brees passou para 56, Joe Montana para 52 e Brett Favre 70. Drew Bledsoe, quarterback que comandava os Patriots antes de Tom Brady, passou para 80 touchdowns e ele é o único quarterback que possui mais jardas passadas(14.642) do que Winston possui até agora(14.628).

Se existe um problema com Jameis, são as interceptações.

Com o fim da temporada de 2018 ele soma 58 interceptações até o momento. Esse número também é menor do que Peyton Manning(81) e Bledsoe(73) lançaram em seus 4 primeiros anos de liga. Portanto, se observarmos esses números vemos que o atual problema dos Buccaneers está longe de passar por suas mãos. E o General Manager Jason Licht percebe o seu potencial e já disse públicamente que o jovem quarterback vai ser seu titular na temporada de 2018.

Winston, sem dúvidas, é o quarterback número 1 para os Buccaneers e sua manutenção foi um movimento certeiro de Litch. Foto: Sports Illustrated

Se pegarmos seu desempenho nas últimas 7 partidas da temporada, desde que ele voltou a titularidade por conta da incompetência do ex-treinador Dirk Koetter, seus números são excelentes. Foram 1.811 jardas, 13 touchdowns e 3 interceptações com um rating de 101. Dessa forma, fica claro que Jameis Winston é o futuro da franquia e seria um grande erro desperdiçar tanto talento dessa forma. Se Bruce Arians for confirmado como novo Head Coach dos Buccaneers será interessante observar suas atuações na próxima temporada. Com Mike Evans, Adam Humphries, OJ Howard, Chris Godwin e uma possível aquisição de Le’veon Bell, certezamente Jameis Winston pegará fogo e os ataque dos Bucs será um grande desafio para o restante da NFL.

Comenta aí:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here