O Doutor passou deste plano para outro. E pelo amor ou pelo ódio, será sempre lembrado.

Eurico, enfim, descansou. Após sofrer com três canceres diferentes, ele não tinha mais forças para resistir a um tumor no cérebro.

Ele, em seu início no Vasco, foi um dos responsáveis pelo retorno de Roberto Dinamite do Barcelona ao Vasco, ainda em 1980, que muitos diziam já estar fechado com o rival.

Logo depois, já como Vice-Presidente, participou da venda de Romário e da chegada de Bebeto, então jogador do Flamengo.

FOTO: Divulgação

Com o Brasileiro de 1997 e a Libertadores de 1998, Eurico ganhou força. E começou a colocar as asinhas de fora.

A grande cartada veio com o parceiro Bank Of America, que investiu no clube algo em torno de US$150.000.000 de dólares. Em 1999, enfim Presidente, apoiado por calçada. Vindo a ser reeleito em 2003, com a fala de que seria seu último mandato pelo clube.

Nesse segundo mandato, com o Vasco sem ter muito sucesso nas competições, a imagem do ”Doutor” começou a ficar arranhada.

Nas eleições de 2007, Eurico venceu mas foi acusado pela oposição de compra de votos e tentou de todas as formas evitar novas eleições, chegando até mesmo a interditar o calabouço.

Mas, não teve jeito. Novas eleições, Eurico se recusou a participar, seu grupo perdeu para Roberto Dinamite e assim, deu-se fim a 40 anos de Eurico diretamente ligado ao Vasco.

Ele voltou ao clube em 2014, viu o Vasco cair no ano seguinte e ficou marcado pela seguinte frase: ”Se o Vasco cair, eu vou para a Sibéria”. Não foi.

Concorreu a reeleição, perdeu, deu um golpe e viu um ”aliado” assumir, não antes de lesar o Vasco se livrando de alguns jogadores e fechando acordos no mínimo duvidosos, como Diadora e LASA. Assim, Eurico ”encerrava” sua passagem pelo Vasco.

FOTO: Allsport UK/ALLSPORT

Eurico hoje também é lembrado pela guerra pública a Globo. Após a tragedia ocorrida da final da Copa João Havelange, o então presidente transformou a emissora em sua inimiga. Como consequência, no último jogo da Copa, estampou a logo do SBT, um dos maiores rivais, e viu a Globo transmitir por mais de duas horas com propaganda gratuita ao SBT. Eurico surpreendentemente disse que estava a homenagear amigos que tinham dentro da emissora de Silvio Santos.

Eurico parte. Mas fica na história do Vasco. Para o bem ou para o mal, Eurico foi animal. Descanse em paz, Doutor. Forças aos familiares. Que torça pelo bem do nosso Vasco onde estiver. SV!

Comenta aí:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here