Créditos – nfl.com

Buffalo Bills e Jacksonville Jaguars se enfrentam neste domingo pelo Wild Card da AFC. Sim, Wild Card; pós temporada. Quem diria no começo da temporada que as duas franquias, após mais de uma década estariam de volta aos playoffs?

Bem, elas estão. E com todo o mérito. Mas que tal voltarmos alguns anos no tempo, e conferirmos a história da ultima vez em que Bills e Jaguars estiveram na pós temporada?

1999: É, fazia tempo em Bills?!

Naquele ano Fernando Henrique Cardoso assumia o primeiro mandato como presidente do Brasil. Nos EUA começava o processo de impeachment do então presidente, Bill Clinton. O Palmeiras conquistava sua primeira taça libertadores da America. E os Buffalo Bills encaravam o Tennessee Titans no Wild Card, após terminar a temporada regular com campanha 11-5, ficando em segundo na AFC Leste.

Music City Miracle

O jogo foi realizado no dia 08 de janeiro, em Nashivile, Tennessee. Os Bills entravam em campo com uma alteração surpreendente na época. O treinador Wade Phillips preferiu começar o jogo com o QB Rob Johnson. Em vez de utilizar Doug Flutie, titular em 15 partidas durante a temporada regular.

A partida ficou marcada pelas reviravoltas ocorridas no final. Faltando 16 segundos para o fim, os Bills chutaram um Field goal com Steve Chistie, virando o placar para 16X15 em favor dos visitantes.

Porém, logo em seguida os Titans aprontaram no retorno de kickoff. Lorenzo Neal recebeu a bola, e enganado a marcação passou a bola para Frank Wycheack atrás, e este passou para Kevin Dyson livre próximo a side line. O jogador correu 75 jardas, retornando a bola para TD, dando a vitória aos Titans ao final da partida.

Até hoje a partida é conhecida como Music City Miracle. Os Titans naquele ano chegavam ao Super Bowl, e eram derrotados pelos Rams do QB Kurt Warner.

Kevin Dyson recebe passe de Frank Wycheack, que resultou em TD – Créditos – youtube.com

2007: Jacksonville vibrava

O ano foi marcado por acontecimentos interessantes, como a       vinda do Papa Bento XVI ao Brasil. Era realizado o Pan-Americano no Rio de Janeiro. O Corinthians caia para a segunda divisão do campeonato brasileiro. E os Jacksonville Jaguars chegavam a pós temporada da NFL.

 Wild Card

O time comandado pelo HC Jack Del Rio terminou a temporada regular com uma campanha 11-5, terminando na segunda colocação da AFC Sul.

No Wild Card, a equipe enfrentava o Pittsburgh Steelers de Big Ben Roethliesberger. O QB foi interceptado 3 vezes pela defesa dos Jaguars. Sendo uma delas, com retorno de 63 jardas para TD do CB Rashean Mathis.

Nessa partida Maurice Jones-Drew marcou dois TD,s. Um com passe do QB David Garrard no segundo quarto, o outro após uma corrida de 10 jardas no terceiro quarto. A defesa se sobressaiu segurando o ataque dos Steelers, classificando os Jaguars para o Divisional Round.

Jags X O ascendente Patriots

Tom Brady contra os Jaguars em 2007 – Créditos – youtube.com

No jogo seguinte, os Jaguars enfrentaram um Tom Brady inspirado em Foxbourough. O mesmo conseguiu acertar 26/28 passes, 262 jardas totais e 3 TD,s.

No entanto, o time de Jacksonville realizou um jogo parelho contra os donos da casa, com uma diferença de uma posse de bola até o começo do 4° período. O destaque dos Jags foi o QB David Garrard que mesmo com uma interceptação no final, passou para dois TD,S. Muito graças a sua boa atuação nos playoffs,  teve seu contrato renovado no seguimento, para a temporada 2008-2009.

Conhecer a história é entender o presente. As duas franquias que se entraram em campo, no dia de amanhã, tiveram participações inesquecíveis na NFL. A partida deste domingo tem tudo para ser, assim como as descritas neste artigo, recontadas com toda a pompa, das grandes sagas esportivas que só o futebol americano registra.

Comenta aí: