Se você achou que ia ser goleada, pois bem, errou. O Real foi até à Rússia na VEB Arena enfrentar o CSKA pela segunda rodada do Grupo G. O jogo que, parecia fácil, foi um problema e só.

Desfalcado pela função “preservar”, o Real estava sem os titulares Marcelo, Modric, Isco e Sergio Ramos. Ou seja, um jogo pra quem tem bom coração.

Tropeço do Real. Foto: HELIOS DE LA RUBIA
Tropeço do Real. Foto: HELIOS DE LA RUBIA

 

O primeiro tempo, ou, o primeiro minuto

Simplesmente bastou o árbitro apitar para o Real complicar. Numa saída de bola horrorosa Vlasic se aproveitou e tirou a bola de Kross, limpando e mandando pro fundo do gol. Isso mesmo, 1 minuto de jogo.

O CSKA estava com fome da vitória e o time de Madrid caiu no seu jogo. Foram várias tentativas sem muita efetividade. Aos 27 a segunda oportunidade de gol no jogo, Casemiro rouba a bola, avança e arrisca da entrada da área. A bola bate no pé direito da trave de Akinfeev. Não veio o empate.

A partir dali o Madrid quis dominar, porém tentou várias vezes mas só levou perigo com Benzema que cabeceou no poste após um cruzamento vindo da direita. Mais uma vez a trave salva os russos. Aos 42 Carvajal lesionou e entrou o jovem Odriozola. Mas o empate não quis sair no primeiro tempo.

Real voltou querendo empatar

Aos 3′ Asensio forçou defesa do goleiro, que espalmou pra fora. Lopategui resolveu voltar atrás, colocou Modric, que não iria jogar no lugar de Casemiro. Ele também tirou Vázquez e colocou Mariano. Mas nada muito adiantou. Depois da bola de Asensio, aos 28′ Kroos levou perigo de longa a média distância. Até ali, era mais fácil o segundo gol do CSKA que chegava com perigo, do que o Real empatar. Entretanto, aos 45 o Real parou na trave de novo. Bendita trave. Odriozola cruzou na medida Mariano subiu para meter a bola na trave direita de Akinfeev. Ou seja, hoje não era o dia. Ainda aos 49′, já nos acréscimos finais Varane cabeceou levando muito perigo ao gol dos russos.

Falando em gol, o arqueiro deles foi pra rua. Isso mesmo, o russo Akinfeev levou dois amarelos em questão de segundos por xingar o árbitro romeno Ovidiu Hategan. Foi esfriar a cabeça no chuveiro.

Não mereceu a vitória

O Real Madrid foi um time preguiçoso. Ok, teve três bolas na trave e algumas defesas de Akinfeev, mas não passou disso. Foi fraco na transição de bola, pouco quis chegar, quando chegou, foram apostas de chutes ou cruzamentos. Não importa se está desfalcado por opção ou não, Lopategui não tem a visão grandiosa do Real Madrid.

Tropeço do Real. Foto: HELIOS DE LA RUBIA
Tropeço do Real. Foto: HELIOS DE LA RUBIA

Virando a chave rapidamente

Os blancos perderam a liderança para o próprio CSKA, isso por que os russos somam 4 pontos. O Real fica com três, mesma pontuação da Roma, que tirou a diferença contra o Plzeň, mas perde no SG. O mesmo Plzeň soma 1 ponto e fica como saco de pancadas do Grupo G.

Por fim, na próxima rodada, o Real recebe o Plzeň, terça (23/10) no Bernabéu, válido pela 3ª rodada da Champions. 

Comenta aí:

9 COMENTÁRIOS

  1. Thanks for sharing superb informations. Your web-site is very cool. I’m impressed by the details that you have on this blog. It reveals how nicely you perceive this subject. Bookmarked this website page, will come back for more articles. You, my pal, ROCK! I found simply the info I already searched all over the place and simply couldn’t come across. What a perfect web site.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here