Parafraseando a californiana e torcedora do Lakers Kate Perry, “Last Friday Night”, o time roxo e dourado de Los Angeles, entrou em quadra no templo sagrado United Center, arena do saudoso Chicago Bulls. Os californianos venceram o duelo por 108×103, tendo Brandon Ingram, como o grande destaque da partida.

Créditos: Gary A. Vasquez, USA TODAY Sports

O que quero retratar!

Algumas colunas anteriores a essa, eu escrevei sobre o anseio e surpresa pela campanha que o Lakers estava fazendo dentro da atual temporada, pois, era algo impressionante pelo modesto elenco que temos, por mais que “draftamos” Lonzo, e não seria ele o salvador da pátria, já estávamos imaginando uma campanha daquelas de tirar o sono.

O time californiano, mostrou-se bastante estável no inicio da temporada regular, figurou-se por algumas rodadas no grupo dos oito que se classificam para os “playoffs” e aquilo já era demais. Porém, em uma das colunas que precedem esta, eu retratei que o temido havia acontecido, aquela surpresa da campanha tranquila que estávamos fazendo, ia caindo por terra e chegamos ao humilhante e obscuro, ultimo lugar da Conferencia Oste da NBA, lamentável, triste, porem, era a nossa realidade, uma sequencia amarga de derrotas e vários questionamentos, rodavam o Staples Center, o que será de nós?!

Créditos: Kevin McGuire

Se for um sonho, não me acorde, POR FAVOR!!!

O primeiro paragrafo desse texto, foi um breve resumo do jogo de ontem do LA Lakers, uma vitoria convincente em cima de um dos grandes da NBA, o Chicago Bulls, entretanto, o que me faz escrever, para que não me acordem desse sonho, é que, a vitoria de ontem, simboliza a quarta vitoria consecutiva e a oitava em dez jogos, não quero me afundar em mais uma onda de ilusão, mas como qualquer torcedor e acredito que seja essa, a mais profunda e concreta definição, ser movido pelo momento e pela paixão, não quero ser acordado desse sonho, essa serie positiva, tirou o Lakers da ultima colocação para a 11ª , estando a seis vitorias a menos do oitavo colocado, condição essa que daria o direito de ir aos “playoffs”. Espera ai! Se o Lakers continuar nessa pegada, estamos falando de chances reais de irmos aos “playoffs”, depois de um longo tempo? Não me acordem desse sonho, por favor, quero continuar com a leveza e tranquilidade de que iremos continuar, pelo menos, apresentando um bom nível de jogo, amadurecendo esses garotos e quem sabe, contar com um grande nome na próxima temporada “like a ” LeBron James, sonhar não paga impostos mesmo né!

Créditos: Bruno Manrique

Que grata surpresa!

É surpreendente sim, essa boa sequencia do time de LA, a critica americana, credita esse sucesso repentino, graças ao equilíbrio defensivo que hoje a equipe se encontra, setor esse que era questionado. O ataque já vinha se destacando, tanto que, o time californiano fazia muitos pontos, porem, levava bastante também, esse equilíbrio, agora encontrado, vem trazendo bons números ao time californiano, esses que aqui já foram destacados, a temporada regular, encerra-se próximo ao meio do ano, tem água para passar por debaixo da ponte ainda e seria uma grata e feliz surpresa se a temporada não terminasse ali para o maior time de basquete do mundo, com clubismo, até a próxima!

Créditos: Twitter account LAL

 

 

 

 

 

 

Comenta aí: