Aumento de preço exclusivo da Petrobras no Brasil mostra independência da empresa – SEO

RIO DE JANEIRO, 7 de julho (Reuters) – O presidente brasileiro Jair Bolsanaro não foi consultado ou informado sobre a decisão da estatal Petrobras (PETR4.SA) de elevar os preços dos combustíveis esta semana, reforçando a independência da empresa, CEO Joachim Silva e Luna disse quarta-feira.

O ex-general do Exército, eleito para liderar o Bolsanaro em abril, disse que não estava lá e que não haveria interferência externa no ajuste dos preços dos combustíveis.

Seus comentários foram feitos depois que seu antecessor, Bolzano, foi deposto após um desacordo sobre o aumento dos preços dos combustíveis, gerando alertas entre os investidores sobre a intervenção do governo nos produtores de petróleo. consulte Mais informação

Luna disse que o aumento foi necessário porque os preços do petróleo estão altos nos mercados globais, mas todos os aumentos de preços são feitos de forma técnica, tendo em vista a demanda e a oferta futuras.

Com US $ 73 o barril de petróleo, a inflação doméstica está em alta e a epidemia de COVID-19 ainda paira sobre a economia, Luna reconheceu que a Petropras está em uma posição difícil.

“Isso é verdade, mas não muda a política de preços”, disse Luna.

A Petrobras anunciou na segunda-feira o primeiro aumento nos preços do diesel e da gasolina desde que Luna assumiu como CEO em 19 de abril.

Reportagem de Rodrigo Vica Care no Rio de Janeiro Jamie McGeever Editando Matthew Lewis

Nossos padrões: Princípios da Fundação Thomson Reuters.

READ  PPR LAS VEGAS: Barbosa do Brasil trava pela vitória dos Bull Riders

Tadday Köhler

"O desconfortavelmente humilde fã de TV. Generalista de Twitter. Entusiasta de música extrema. Conhecedor de Internet. Amante de mídia social".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to top