Bolzano do Brasil se sente ‘bem’ e pode receber alta do hospital no domingo

O presidente brasileiro Jair Bolsanaro fala na cerimônia de assinatura da lei para privatizar a estatal de eletricidade Electroprose em 13 de julho de 2021, no Palácio Planaldo, em Brasília. REUTERS / Adriano Machado / Arquivo de fotos

BRASÍLIA, 17 de julho (Reuters) – O presidente brasileiro Jair Bolsanaro está internado para tratamento após um ferimento a faca em 2018. No sábado, ele disse que se sentiu melhor e mal podia esperar para voltar ao trabalho.

O Hospital Vila Nova Star, onde Bolzano está desde quarta-feira, está progredindo de forma satisfatória e pode receber alta em poucos dias, enquanto o cirurgião-chefe Antonio Macedo disse a jornalistas no domingo que pode ter alta.

Bolsanaro recebeu sopa e comida pura no sábado e, considerando que não apresentou reação negativa, pode receber alta nos próximos dias, informou o relatório do hospital.

Bolsanaro, de 66 anos, está no Hospital São Paulo desde quarta-feira para tratamento de uma obstrução intestinal após o bisturi de 2018.

Em um evento online ao vivo no sábado, Paulsonaro disse que estava se sentindo bem e com vontade de ir trabalhar, marcando a abertura da filial do Geisha Economic Bank no estado de Gears, no norte do país.

“Estou bem, graças a Deus. O problema que tive no início desta semana foi devido a uma facada que recebi em 2018 … de vez em quando, afeta o intestino”, disse Bolzano no evento ao vivo. Ele não fará cirurgia.

“Mal posso esperar para ir trabalhar, ver amigos e me mudar para o Brasil”, disse ele.

Reportagem de Alexandre Gourney e Jamie McGeever; Editado por Diane Kraft e Nick Jiminski

Nossos padrões: Princípios da Fundação Thomson Reuters.

READ  Bite Brasileiro: Sobremesa cracker de morango é uma sobremesa simples viciante

Tadday Köhler

"O desconfortavelmente humilde fã de TV. Generalista de Twitter. Entusiasta de música extrema. Conhecedor de Internet. Amante de mídia social".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to top