Brasil atenderá facilmente a demanda de energia no H2

Brasil atenderá facilmente a demanda de energia no H2

Espera-se que o Brasil atenda facilmente a demanda de eletricidade no segundo semestre do ano, de acordo com autoridades e analistas locais.

As previsões do operador nacional da rede ONS indicam o pleno atendimento da demanda até janeiro de 2023, quatro meses após o início da estação seca no sudeste, onde estão localizados os principais reservatórios hidrelétricos do país.

A previsão positiva segue uma seca severa em 2021 que culminou na pior situação hidrológica em 91 anos, causando problemas de abastecimento.

Apesar da falta de chuvas significativas em julho, “o armazenamento hidrelétrico encerrou o mês superior aos anos anteriores, garantindo a segurança do serviço mesmo nos próximos meses”, informou o Ministério de Minas e Energia (MME) em nota. Relatório.

Ao final de julho, foram verificadas economias equivalentes de 61,5%, 75,1%, 82,8% e 89,2% nos subsistemas Sudeste/Centro-Oeste, Sul, Nordeste e Norte, respectivamente.

No final de agosto nestes subsistemas as economias de energia são de 53,1%, 72,6%, 75,9% e economia máxima de energia de 89,8%.

“Temos uma situação hídrica muito favorável a partir do final de 2021, então não acho que haverá qualquer alteração nos preços da eletricidade no início do próximo ano”, disse o CEO da comercializadora local 2W Energia. Claudio Ribeiro à BNamericas.

Uma reviravolta só é possível se a atividade econômica for retomada no próximo ano, o que aumentará a carga de energia, disse ele.

O sócio da Genco Energia, Henrique Cassotti, acredita que o Brasil entrará em 2023 com níveis de reservatórios hidrelétricos mais altos do que os registrados no início do último período úmido.

“Chegamos a um nível de armazenamento muito baixo por causa da crise que enfrentamos em 2021, mas nos recuperamos um pouco no último período úmido, o que trouxe essa almofada”, disse ele à BNamericas.

READ  O bravo ex-policial que divide o Brasil

Tadday Köhler

"O desconfortavelmente humilde fã de TV. Generalista de Twitter. Entusiasta de música extrema. Conhecedor de Internet. Amante de mídia social".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back to top