Brasil vê indústria da construção se recuperando rapidamente, gerando empregos

BRASÍLIA, 26 de julho (Reuters) – A indústria da construção civil brasileira revisou sua projeção de crescimento para este ano com perspectiva de rápida recuperação, apesar do surto do vírus corona.

O crescimento da construção civil neste ano está projetado em 4%, ante 2,5% em abril anterior, graças ao CBIC, que continuou reduzindo os juros e a demanda fixa.

O crescimento em junho foi superior à média histórica, porém, disse o lobby, acrescentando que a indústria operava com apenas 64% de sua capacidade e que o alto custo e a escassez de materiais de construção era o principal problema do setor.

O registro do CAGED mostra que o setor de construção está criando mais empregos do que qualquer outro setor, já que o Brasil enfrenta níveis de desemprego sem precedentes devido à epidemia.

De janeiro a maio, o setor de construção empregou 156.693 trabalhadores, um aumento de 7% em relação ao mesmo período do ano passado.

O Ministério da Economia disse em 14 de julho que o PIB do Brasil crescerá 5,3% até 2021, o que é significativamente maior do que a previsão anterior de 3,5%, à medida que o país continua a se recuperar da epidemia anterior. Em 2020, a economia contraiu 4,1%. (Relatório de Alberto Allerigi; de Anthony Bottle; Edição de Sandra Malor)

READ  Duas companhias aéreas brasileiras de carga vão adicionar novos tipos de aeronaves - AirlineGeeks.com

Tadday Köhler

"O desconfortavelmente humilde fã de TV. Generalista de Twitter. Entusiasta de música extrema. Conhecedor de Internet. Amante de mídia social".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to top