Após frustrar grande parte dos torcedores no começo da temporada a secundária finalmente “debutou” na temporada. Com nada mais nada menos do que quartro interceptações os Bucs venceram os Panthers pelo placar de 24×17. Dessa forma os Buccaneers somam 5 vitórias e 7 derrotas na temporada.

Com a vitória a equipe da Flórida pode sonhar em terminar a temporada de maneira digna, com no mínimo o mesmo número de vitórias e derrotas. Já pelo lado dos Panthers a situação ficou delicada na briga pelo Wild Card, com 6 vitórias e 6 derrotas. A equipe de Charlotte agora se vê atrás dos Seahawks, Redskins e Vikings na disputa pela sexta vaga nos Playoffs.

A Partida

Na primeira campanha os Bucs atacaram primeiro e já conseguiram pontuar. Com boa participação de Humphries e Godwin a equipe chegou na redzone. E com o próprio Humphries entrou na endzone, Winston conectou o wide receiver e a partida já começava com um 7×0. Após um bom começo do ataque a defesa não ficou atrás e apareceu na primeira campanha ofensiva dos Panthers. Andrew Adams interceptou Cam Newton pela primeira vez no jogo e já deixou a equipe no campo de ataque. Desse modo, já no campo de ataque, os Bucs chutaram o field goal com Cairo Santos e pontuou mais uma vez.

Apesar da defesa ter feito um bom trabalho, ela sofreu na mão do talentoso running back Christian McCaffrey. Na campanha seguinte após o field goal ele entrou na endzone dos Bucs e diminuiu o placar. O segundo anista dos Panthers terminou a partida com 161 jardas e um touchdown marcado.

Assim, após o touchdown sofrido, os Bucs chegaram novamente na redzone e voltou a apresentar alguns problemas nessa parte do campo. Em uma segunda oportunidade para marcar o touchdown, Peyton Barber sofreu um fumble na linha da endzone e a bola foi recuperada pelos Panthers. Entretanto isso não afetou o restante da partida e a equipe conseguiu manter o ritmo nas campanhas seguintes.

Ainda no primeiro tempo Cam Newton voltou a vacilar e os Bucs mais uma vez o interceptaram. E na campanha seguinte Jameis mais uma vez mostrou o porque que ele é o quarterback titular. Em uma terceira para 11 jardas o camisa 3 encontrou Chris Godwin no fundo da endzone e passou para mais um touchdown na partida. Com esse touchdown Winston se tornou o recordista de passes para touchdowns do Tampa Bay Buccaneers em sua história com 81.

Jameis tem atuado em alto nível desde seu retorno na equipe diante dos Giants. Nessas 3 partida ele soma 760 jardas, 6 touchdowns e uma interceptação. Foto: Buccaneers.com

No segundo tempo da partida os Bucs voltaram com tudo e na primeira posse marcou outro touchdown. Dessa vez Peyton Barber não soltou a bola e entrou na endzone. Assim os Buccaneers deixaram Cam Newton em uma situação delicada, o fazendo ter que ganhar o jogo com seu braço e nessa situação a defesa voltou a aparecer. Desse modo, com o ataque dos Panthers ficando em uma forma unilateral, a secundária voltou a aparecer e interceptou o quarterback adversário mais duas vezes no último periodo. Entretanto a equipe de Charlotte ainda conseguiu um field goal e um touchdown, marcado por Devin Funchess. Mas nada que colocasse os Bucs em uma situação delicada na partida.

Destaques

Como citado acima, Jameis comandou o ataque mais uma vez. Com 249 jardas e 2 passes para touchdown Winston soma o segundo jogo seguido sem sofrer algum turnover. Dessa forma, ele mostra que está evoluindo seu jogo e que é o nome para a próxima temporada. Quem se destacou recebendo foram Chris Godwin e Adam Humphries. Com uma marcação dupla em cima de Mike Evans os outros wide receivers se deram bem e juntos somaram 162 jardas e 2 touchdowns. Desean Jackson não atuou por conta de uma lesão e abriu espaço para Godwin, que pela segunda vez na temporada passou das 100 jardas recebidas em uma partida.

Chris Godwin aproveitou a ausência de Djax e foi muito bem na partida. Ele somou 101 jardas recebidas além de ter marcado seu quinto touchdown na temporada. Foto: Buccaneers.com

Correndo com a bola a equipe mostrou alguns problemas. Apesar de ter marcado um touchdown, Barber não empolga e deve ser dispensado ao fim da teporada. Assim o running back terminou a partida com 45 jardas em 16 tentativas, com uma pifia média de 2.8 jardas por carregada. Quem liderou a equipe no jogo terrestre foi quarterback. Além de ter feito um bom jogo passando a bola, Jameis correu para 48 jardas.

Pelo lado defensivo quem deu um show foi o safety Andrew Adams, com 3 interceptações. Adams também entrou para a história da franquia, igualando o recorde de interceptações em uma partida. Após dois jogos seguidos com interceptações os Bucs somam 7 interceptações na temporada. Apesar de o número ainda ser baixo isso mostra uma evolução desse setor no desenrolar da temporada.

Adams deixou Cam Newton em uma situação complicada com suas 3 interceptações. Foto: Buccaneers.com

E não foi só a secundária que deixou o quarterback dos Panthers desconfortável na partida, a linha defensiva também fez sua parte. Lavonte David liderou os Bucs no quesito tackles, com 10, além de ter sacado Newton uma vez. Jason Pierre-Paul, Kevin Minter e Vinny Curry também conseguiram um sack cada um. Portanto isso mostra não só uma evolução dos defensive backs como também da defesa no geral. Para quem ficou 7 jogos sem forçar turnovers essa sequência de 6 interceptações em 2 jogos é muito relevante.

Próximo desafio: New Orleans Saints

Após duas vitórias seguidas os Bucs chegam com moral para desafiar os Saints, que não costumam vencer no Raymond James Stadium. Além disso a equipe de New Orleans não passa por seu melhor momento na temporada, depois de ser derrotado pelos Cowboys na quinta-feira. Junto com os Cowboys os Buccaneers foram as únicas equipes que conseguiram vencer a equipe de Drew Brees na temporada, sendo que os Bucs venceram dentro do Superdome.

Dessa forma, uma segunda derrota seguida dos Saints os colocam em uma situação complicada na luta pelo mando de campo nos playoffs. Portanto Brees e companhia devem vir com tudo para a Flórida em busca da vitória. Para os Buccaneers a vitória signifira poder começar a sonhar com a vaga de wind card, mas a equipe deve manter os pés no chão e pensar jogo-a-jogo para não se decepcionar. Mais importante que ir aos playoffs é avaliar o desempenho de seus jogadores para a próxima temporada.

Esse duelo da NFC South está marcado para o próximo domingo(9/12) as 16 hrs no horário de Brasília. Até o fim desse texto ainda não se sabe se a partida terá transmissão aqui no Brasil.

 

Comenta aí:

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here