Conor McGregor nega boato de infecção por estafilococos antes do UFC 264

Conor McGregor confirmou que não tem infecção por estafilococos, o que o levou a uma luta tripla contra Dustin Poirier no próximo fim de semana no UFC 264. Agora todos podemos respirar aliviados.

No início desta semana, houve rumores McGregor pode ter um caso de infecção por estafilococos. A doença era apenas especulação, já que nada tangível veio da mídia do MMA, mas parece que Notorious teve um problema sério de pele no cotovelo enquanto andava de bicicleta recentemente. Um fã percebeu a doença e boatos começaram a circular.

Felizmente, MacGregor gerou especulações e decidiu entrar em sintonia consigo mesmo. Em resposta a um fã que perguntou se ele tinha uma infecção por estafilococos, McGregor confirmou que na verdade não tinha. Confira sua resposta abaixo:

“Não. Apenas um cérebro maligno que machuca os cotovelos.”

Esta é uma grande notícia. Se McGregor tivesse um caso de infecção por estafilococos, ele teria colocado sua luta tripla contra Poirier no próximo fim de semana no UFC 264 em dúvida. Isso teria sido um grande negócio, já que o UFC 264 está amarrado a ser um dos maiores eventos de 2021 e o primeiro card de luta do UFC em Las Vegas a oferecer uma multidão que se esgotou desde a pandemia do COVID-19.

Agora que McGregor está livre do staph, ele poderá se vingar de “Diamond” no próximo fim de semana em Las Vegas. Lembre-se, Burrier deu a MacGregor sua primeira derrota por nocaute em janeiro, no UFC 257. Foi uma revanche entre os dois lutadores depois que “Infamous” nocauteou Burrier no peso pena em 2014.

READ  Nenhum dano para Tyler Gilbert, um ex-colega de classe de Phyllis

Anselma Waltz

"O pesquisador irrecuperável do Twitter. Um advogado amador de mídia social. Especialista em música premiado. Tornou-se um viciado. Facilmente letárgico."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to top