Derek Carr sobre Jon Gruden: Eu amo um homem, odeio o pecado

Getty Images

Vários jogadores do Raiders tiveram a primeira oportunidade de comentar publicamente sobre a renúncia do ex-técnico John Gruden na quarta-feira, incluindo o zagueiro. Derek Carr.

Carr disse que não há nenhum livro sobre como responder às revelações de Gruden em seus e-mails e que ele se sentiu “irritado, doente, chateado, louco e frustrado” com o que aconteceu. Ele disse que também sente “simpatia” pelo treinador que se tornou próximo a ele nos últimos anos.

“Não me entenda mal, eu amo o cara e você Odeio o pecadoCarr disse, por meio de Paul Gutierrez da ESPN.com. “Como qualquer pessoa, ninguém é perfeito. Se começássemos a abrir os e-mails e mensagens de texto de todos, as pessoas começariam a suar um pouco. Espero que não seja muito, mas talvez seja isso que eles devam fazer por todos os treinadores, gerentes de programa e proprietários daqui para frente. Você tem que abrir tudo e ver o que acontece. Mas você odeia o ato, você odeia. Você não deveria gostar, mas você ama a pessoa. E eu amo a pessoa. Cresci até amá-lo tanto. “

Enquanto Carr lida com esses sentimentos, ele também reconhece que a equipe ainda tem 12 jogos restantes em sua temporada e “tudo pela frente que queríamos desde o início”. Ele disse que a equipe precisa de um líder “mais do que nunca” e que seu trabalho é ser esse tipo de líder na esperança de garantir que a equipe possa superar a turbulência de Gruden sem inundar sua temporada.


Anselma Waltz

"O pesquisador irrecuperável do Twitter. Um advogado amador de mídia social. Especialista em música premiado. Tornou-se um viciado. Facilmente letárgico."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to top