Djokovic perde o recurso de visto e não jogará no Aberto da Austrália: atualizações ao vivo

O presidente do tribunal, James Olsop, anunciou a decisão do tribunal no domingo. (Tribunal Federal Australiano)

O tenista sérvio Novak Djokovic perdeu seu recurso contra a decisão do governo australiano de revogar seu visto pela segunda vez.

O 20 vezes campeão do Grand Slam deve enfrentar o também sérvio Miomir Kekmanovic na segunda-feira.

Mas, embora a decisão de domingo seja um revés, ainda não é o fim do caminho, de acordo com especialistas.

Opções legais: Djokovic ainda pode pedir permissão para apelar ao Supremo Tribunal da Austrália, embora esteja ficando sem tempo antes do início do torneio, de acordo com Abu Rizvi, ex-vice-ministro da imigração.

“Ele pode apelar por razões simbólicas, mas nada mais”, disse Razavi, acrescentando que Djokovic permanecerá detido até sua saída.

Outro visto: Há também a possibilidade de Djokovic obter ponte de visto, o que pode permitir que ele jogue no torneio enquanto os preparativos são feitos para deixar a Austrália, de acordo com Maria Jockle, especialista em leis de imigração da BDO Australia.

Mas há um problema – o visto só pode ser concedido pelo Ministro da Imigração, a mesma pessoa que cancelou o visto na sexta-feira. O tribunal pode solicitar que Djokovic receba um visto de transição enquanto o caso está em apelação, mas a decisão cabe ao ministro da imigração.

READ  'Quebrando' a bolha de isolamento da vila nas Olimpíadas para atletas do COVID-19 - especialista em saúde

Anselma Waltz

"O pesquisador irrecuperável do Twitter. Um advogado amador de mídia social. Especialista em música premiado. Tornou-se um viciado. Facilmente letárgico."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back to top