Estamos vivos na briga do G6!

A última rodada foi marcada pelo clássico entre Palmeiras e Santos, diretamente de São Paulo, no Allianz Parque. Uma pela disputa entre as dois melhores times do segundo turno. Mas o que importa mesmo é a vaga no Grupo dos seis melhores do campeonato brasileiro.

O jogo não poderia ser diferente do que aconteceu, cinco gols e muita emoção. O Palmeiras dominou as ações no primeiro tempo e o Santos foi melhor no segundo.

O jogo

Logo aos 13 minutos, Jean fez boa jogada e passou para Borja, o centroavante chutou e, no rebote Dudu abriu o placar. O segundo gol palmeirense saiu de um escanteio, Edu Dracena marcou seu primeiro gol pelo Palmeiras.

O Santos não se encontrou em campo e não chutava no gol de Weverton. Foi um dos piores primeiro tempo de Cuca no comando do time. Mas ele sabia o que fazer e mudou o time com as entradas de Bryan Ruiz e Copete, isso mesmo, Jonathan Copete entrou e mudou o jogo.

Logo no começo Dodô cruza e desvia em Edu Dracena, na sobra, Copete diminui para o alvinegro. Antes dos 20 minutos da segunda etapa, o atacante colombiano cruzou, depois de um bate-rebate, a bola sobra para Dodô que empurra como um camisa 9, o clássico estava empatado.

Copete em diminui para o Santos -Foto: Marcos Ribolli

Mas o Palmeiras tinha uma falta. Victor Luís cobrou com força, mas ela foi em cima de Vanderlei, que aceitou o chute e viu o rival passar à frente do placar novamente. No fim do jogo, o time da Vila Belmiro ainda perde Pituca, expulso e vê a vaga do G6 ficar para próxima rodada.

Vaga na libertadores

Hoje, o Santos tem 46 pontos e ocupa a sétima posição. O Atlético Mineiro que está em sexto, tem o mesmo tanto de pontos, mas tem uma vitória a mais.

O lateral-esquerdo santista, Dodô, falou sobre essa situação envolvendo os times que brigam pelo G6:

“Nossos adversários diretos (Atlético-MG e Atlético-PR) pelo G-6 também não pontuaram na rodada, então seguimos na mesma situação. Agora é um jogo com mando nosso e precisamos bastante do apoio da torcida para seguirmos fortes na luta pela vaga na Libertadores”.

Próximo compromisso

O Santos agora volta os olhares para o próximo confronto, diante da Chapecoense, que briga na parte debaixo da tabela. A partida acontecerá no dia 12 de novembro, em São Paulo, no Pacaembu, a partir das 20 horas.

Luiz Felipe não enfrenta a Chape – Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

A escalação não se repetirá mais uma vez, pois alguns jogadores já estão fora da partida. Gabigol e Victor Ferraz tomaram o terceiro amarelo e Pituca foi expulso, o zagueiro Luiz Felipe sentiu um dores e é desfalque certo. Cuca nunca repetiu uma escalação desde quando chegou e não será dessa vez que isso vai acontecer.

Comenta aí:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here