IPOs estão suspensos no Brasil desde setembro

O aumento das taxas de juros, a desaceleração da economia e as oscilações dos mercados de ações fizeram com que dezenas de empresas brasileiras suspendessem os planos de abrir o capital, sem nenhuma oferta pública inicial lançada no país desde o início de setembro, informou a Bloomberg na terça-feira (27 de dezembro). 7).

Durante os primeiros oito meses do ano, 48 empresas sediadas no Brasil levantaram um recorde de 65 bilhões de reais (cerca de US $ 11,5 bilhões), de acordo com o relatório, que indicava que os últimos três meses podem ser marcados para o Brasil por uma longa ausência de IPOs em todo o país. A nação, em parte devido à tensão política antes da eleição presidencial.

“Uma queda significativa é esperada dado que o Brasil enfrentará um ano eleitoral e maior volatilidade,” Roderic Greenless, chefe de banco de investimento do Itaú BBA, o maior subscritor de ofertas públicas iniciais no Brasil, disse à Bloomberg.

IPOs em todo o mundo levantaram mais de US $ 600 bilhões este ano, mas nos últimos meses viram menos empresas chegarem à linha de chegada e abrirem o capital, com a inflação e a variante omicron do COVID-19 entre os principais culpados, assustando os investidores de tomarem. aterrissagem.

“O cenário já parece muito mais desafiador”, disse Eduardo Meras, chefe do banco de investimentos do Citigroup no Brasil, à Bloomberg.

A queda nas ofertas públicas iniciais brasileiras coincide com uma queda no mercado de ações em geral, de acordo com o relatório.

No final do mês passado, a Nu Holdings, empresa controladora do Nubank, com sede no Brasil, cortou o tamanho de sua oferta pública inicial planejada em 20% do valor total implícito do novo banco que ainda não foi listado. A avaliação da empresa caiu de cerca de US $ 55 bilhões em agosto para US $ 40 bilhões hoje.

READ  Disputa política no Brasil por causa do filme distópico 'Ordem Executiva'

Consulte Mais informação: O mini IPO de Nubank levanta questões sobre novos bancos, IPOs, Warren Buffett e muito mais

A atualização da lista do Nu Holdings ocorre duas semanas depois que o gigante alemão N26 anunciou que se retiraria dos Estados Unidos após apenas 18 meses.

Nubank continuou sua busca por investidores, apesar da turbulência econômica em curso em Wall Street devido à variável omicron, aumento das taxas de juros, preços elevados do petróleo e muito mais.

————————————

Novo relatório: TECHREG ™ CHRONICLE – dezembro de 2021

Cerca de: Este relatório representa a edição inaugural do TechREG ™ Chronicle. A regulamentação de negócios digitais está emergindo como uma das questões definidoras de nosso tempo. Com esta nova postagem, buscamos contribuir para a discussão e debate sobre quando, como e quando os negócios digitais não são regulamentados e as principais tecnologias que utilizam.

Swanhilda Müller

"Jogador. Introvertido. Solucionador de problemas. Criador. Pensador. Evangelista vitalício de alimentos. Defensor do álcool."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to top