Na madrugada de ontem para hoje, houve um grande jogo entre Warriors e Lakers. Mas também, uma linda cerimônia para a aposentadoria dos números 8 e 24 utilizados por Kobe Bryant na franquia californiana.

A Entrevista:

Antes da bola subir, Kobe participou de uma entrevista coletiva, que durou aproximadamente uma hora.

Photo by Adam Pantozzi/NBAE via Getty Images

Ao ser perguntado sobre qual número preferiria em sua estátua, disse que:

“Uma estátua não precisa ter número. A 24 foi mais desafiadora. Eu acabei gravitando em uma área de coisas mais difíceis de se fazer. Acho que se fosse forçado a escolher uma, provavelmente iria com a 24 por conta disso”.

A Cerimônia:

No intervalo da partida, teve a merecida e grande homenagem ao Black Mamba. A cerimônia contou com a presença de várias lendas do basquete mundial.

Dentre eles estavam seus antigos companheiros de equipe Shaquille O’Neal e Derek Fisher. Também contou com lendas do basquete como Kareem Abdul-Jabbar, Jerry West, Allen Iverson, Bill Russell e Magic Johnson, que foi o apresentador durante a cerimônia ocorrida no Staples Center.

Inclusive, Magic foi o primeiro a falar sobre o ex-jogador. Disse novamente que Kobe foi o maior jogador vestir o “purple and gold” dos Lakers. Johnson ainda afirmou que Bryant foi um dos responsáveis a unir todos da cidade de Los Angeles.

“Quando eu olho para esse público, todas as raças de pessoas juntas e torcendo por você por 20 anos. Esse país precisa estar unido. E você conseguiu nos unir a todos, a cidade de Los Angeles, por 20 anos. Então, tenho que te agradecer por isso”.

Depois foi a vez de Jeanie Buss, que é proprietária do Lakers e filha de Jerry Buss, com quem Kobe tinha uma afinidade e um respeito enorme.

Fez seu discurso agradecendo tudo que o Black Mamba fez pela franquia, pelas inúmeras vezes que jogou lesionado e que, mesmo com todas as adversidades, carregou o time para vitórias e títulos.

Logo depois, foram exibidos os banners no alto do Staples Center, um com o número 8 e outro com o número 24.

Créditos da imagem: Ty Nowell/Lakers.com

O Discurso:

Kobe foi ovacionado durante toda a homenagem. Fez agradecimentos à organização da franquia, aos torcedores que sempre o motivaram a treinar ainda mais, até quando pensava que não aguentaria mais e, por fim direcionou algumas palavras para sua esposa e suas 3 filhas.

“Não é sobre o destino, é sobre a jornada. Se vocês conseguirem entender isso, não é que vocês vão conseguir alcançar seus sonhos. Vai ser algo ainda maior. E se vocês entenderem isso, então eu vou estar fazendo bem o meu trabalho como pai”.

Vídeo de toda cerimônia:

Com a homenagem dessa segunda-feira, Kobe se tornou o 10º jogador a ter a camisa imortalizada pelo Lakers, se juntando a Magic Johnson, Kareem Abdul-Jabbar, Elgin Baylor, Jerry West, Wilt Chamberlain, Shaquille O’Neal, James Worthy, Gail Goodrich e Jamaal Wilkes.

Com o número 8, Kobe participou de 707 jogos e teve 16.866 pontos, 3.148 assistências, 3.634 rebotes, 3 títulos da NBA, 8 seleções para o All-Star Game durante 10 anos. Com a número 24, o Black Mamba participou de 638 jogos, tendo 16.717 pontos, 3.154 assistências, 3.409 rebotes , 2 títulos da NBA, 9 seleções para o All Star Game e 1 prêmio de MVP da NBA durante os 10 anos seguintes.

No total, foram 20 temporadas, 33.643 pontos, terceiro maior cestinha da história da NBA, atrás de Kareem Abdul-Jabbar e Karl Malone. É também o quarto maior cestinha da história dos playoffs da NBA, atrás de LeBron James, Michael Jordan e Kareem Abdul-Jabbar.

Bryant é o líder da franquia californiana em número de jogos, pontos, cestas de 3 pontos e roubos de bola.

Resumo da partida:

O jogo foi equilibrado do início ao fim, com os times alternando na liderança do placar.

Um lance que merece destaque foi o poster que Larry Nance Jr. colocou em cima de Kevin Durant.

No último quarto, após Durant errar o arremesso no fim da partida, Kentavious Caldwell-Pope tentou encarnar o homenageado da noite e acertar a cesta da vitória.

Não foi feliz no arremesso e o jogo foi para a prorrogação.

Na prorrogação, novamente o equilíbrio predominou. Faltando 6,4 segundos, com o jogo empatado, Durant tentou o arremesso para ficar à frente do placar. BINGO!

Os Lakers, sem tempo para pedir, passaram a bola para Lonzo Ball, que percorreu toda a quadra e tentou uma bandeja salvadora para levar o jogo para a segunda prorrogação.

Entretanto, foi rejeitado por David West, selando a vitória dos atuais campeões da NBA, por 116 a 114.

Destaques da partida:

Kevin Durant foi o grande personagem do jogo. Duplo-duplo ao anotar 36 pontos e pegar 11 rebotes. Além disso, ele distribuiu oito assistências e deu três tocos.

Klay Thompson (17 pontos e 10 rebotes) e Omri Casspi (14 pontos e 10 rebotes) também se destacaram com double-doubles.

O principal pontuador dos Lakers foi Kyle Kuzma. Vindo do banco, marcou 25 pontos e pegou seis rebotes. Brandon Ingram teve 19 pontos e Lonzo Ball ficou com 16 pontos. Ambos tiveram seis assistências cada.

O próximo jogo da equipe de Los Angeles será contra o Houston Rockets, no Toyota Center, em Houston. Já os Warriors irão enfrentar o Memphis Grizzlies, na Oracle Arena.

Comenta aí:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here