Que fase! Depois de uma semana de cumprimento de “Data Fifa”, o Barça voltou aos preparativos para o Campeonato Espanhol e a Champions League. O clube catalão foi ao estádio Wanda Metropolitano para encarar o Atlético de Madrid, com quem disputa as primeiras colocações da liga. Diego Costa abriu o placar para os colchoneros e no último minuto de partida acabou cedendo o empate com Dembélé. Uma vitória do Atleti colocaria fim a um tabu de oito anos sem vencer o Barcelona em casa no Espanhol.


Já podemos chamar de crise?

Lionel Messi – Foto: Reprodução/Twitter @fcbarcelona

Há três jogos sem vencer, o Barça tem sofrido vários altos e baixos na La Liga. Entre datas Fifa, jogos da Liga dos Campeões e as constantes baixas na equipe, o clube reveza a primeira colocação do campeonato com outros quatro. Mas o que é que falta ao time?

O técnico Ernesto Valverde ainda tem dificuldade em transformar o time em um momento de anulação de seus craques. Ao serem bloqueados de realizar suas jogadas, poucos deles têm habilidade de sair para o jogo. O mesmo aconteceu durante este AtletiBarça. Messi e Suarez não encontravam espaços entre a zaga colchonera e pouco foi criado durante os 90 minutos. Falta esquema tático ou gente para decidir quando tudo vai mal?

Primeiro tempo abaixo de zero

O jogo teve um começo morno por parte das duas equipes. Os donos da casa ofereceram mais perigo à zaga catalã. Enquanto isso, os blaugranas sofriam para levar a bola para o campo adversário. O grande destaque dos 45 minutos iniciais foi o grande número de faltas por parte das duas equipes.

Sergi Roberto – Foto: Reprodução/Twitter @fcbarcelona

Logo no finalzinho Sergi Roberto cai sentindo dores, já sinalizando que não estaria disponível para a etapa seguinte.

Segunda chance

Como o esperado, o lateral catalão não voltou, sendo substituído por Rafinha. Apesar da baixa importante, o Barça voltou melhor para os gramados, assim como o Atlético. Os visitantes chegaram perto com jogadas de Messi. Pelo outro lado, Griezmann e Diego Costa tentavam, também sem sucesso.

Aos 29′, em uma cobrança de escanteio, Vidal acaba cortando de cabeça e a bola acaba respingando em seu braço. Os colchoneros pediram pênalti, mas, orientado pos outros juízes na sala do VAR, o árbitro nada marcou e mandou o jogo seguir. No minuto seguinte, também em um escanteio, Diego Costa subiu mais que o compatriota Rafinha, para abrir o placar, 1 a 0 para o Atleti.

Dembélé – Foto: Reprodução/Twitter @fcbarcelona

Após o gol, pouco foi criado e os técnicos aproveitaram para fazer substituições. Pelo lado catalão, Dembélé e Malcom entraram no lugar de Arthur e Vidal. Já pelo lado atleticano, Ángel Correa deu um descanso à Diego Costa que depois de nove meses voltou a marcar no Campeonato Espanhol. E mais uma vez a chance azulgrana saiu dos pés de um jogador que veio do banco. Aos 44′, Messi encontrou Dembélé livre na área, que dominou bonito para empatar, 1 a 1.

Semana complicada para o Barcelona

Apesar da volta de Messi, depois do afastamento por um problema no cotovelo, e de, aparentemente, estar tudo certo após episódios de falta de comprometimento de Dembélé, a bruxa voltou a assombrar os jogadores do Camp Nou. Antes de se apresentar à Seleção Brasileira, Coutinho sofreu uma lesão muscular na perna esquerda. Já Rakitic, sentiu durante o jogo entre Croácia e Espanha.

Rafinha – Foto: Miguel Ruiz/FCBarcelona.com

A boa notícia foi a rápida recuperação dos dois meias e a apresentação de ambos para a partida contra o PSV Eindhoven. Mas infelizmente as notícias não são as melhores. Além de Vermaelen e Samper que já estavam no departamento médico, após o jogo contra o Atlético de Madrid, Sergi Roberto, Cillessen, Luis Suárez, Arthur e Rafinha também são baixas na equipe.

O caso mais grave fica por conta do brasileiro Rafinha, que teve a mesma lesão que o tirou dos gramados em 2015. No próximo dia 4 de dezembro será submetido a uma cirurgia para tratamento no joelho esquerdo, deixando-o fora da temporada. Ficam nossos desejos de melhoras para o meia.

Próximos compromissos

Na próxima quarta-feira, 28, o Barça volta a entrar e campo na Champions League contra o PSV Eindhoven. Já classificado para a próxima fase, os catalães jogam para manter a permanência na primeira colocação do Grupo B.  

A partida será no Philips Stadion, na Holanda, às 18h pelo horário de Brasília.

Pela La Liga, os blaugranas voltarão à campo no dia 2 de dezembro, contra o Villarreal, às 15h30, no Camp Nou. Para os donos da casa é vencer ou vencer para não se distanciar do atual líder, Sevilla.

Comenta aí:

7 COMENTÁRIOS

  1. Good – I should certainly pronounce, impressed with your site. I had no trouble navigating through all tabs and related info ended up being truly simple to do to access. I recently found what I hoped for before you know it at all. Reasonably unusual. Is likely to appreciate it for those who add forums or anything, web site theme . a tones way for your client to communicate. Nice task..

  2. hey there and thank you for your info – I’ve definitely picked up anything new from right here. I did however expertise some technical issues using this web site, since I experienced to reload the web site many times previous to I could get it to load properly. I had been wondering if your web hosting is OK? Not that I’m complaining, but sluggish loading instances times will very frequently affect your placement in google and could damage your high-quality score if advertising and marketing with Adwords. Well I’m adding this RSS to my email and can look out for much more of your respective intriguing content. Ensure that you update this again very soon..

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here