Londrina perde para o CRB e fica sem chances de acesso à Série A.

A possibilidade de subir para a primeira divisão nacional acabou para o Londrina. Nesta última sexta-feira pela penúltima rodada, jogando em casa no Estádio do Café e com o apoio de quase 25 mil torcedores, o Tubarão foi batido pelo alvirrubro alagoano por 2×1.

Gustavo Oliveira/ Londrina Esporte Clube
Gustavo Oliveira/ Londrina Esporte Clube

O jogo

Logo aos 3 minutos, o CRB mostrou a que veio. Em uma jogada pela esquerda, o lateral Paulinho cruzou na área londrinense e encontrou sozinho Willians Santana, que nem precisou subir para cabecear e inaugurar o marcador.

A partir daí o Londrina iniciou uma pressão sobre o time alagoano. Aos 23′ Jardel lançou Dagoberto na área. O mesmo sofreu um empurrão por trás do zagueiro Everton Sena, pênalti assinalado.

Muita reclamação pelos lados do CRB, o jogo paralisado e muita tensão no ar. Enfim, sempre ele, Dagol pegou a bola aos 26 minutos, botou na cal e com categoria, rolou no canto esquerdo, deslocando o goleiro João Carlos. Explosão da torcida, 1×1.

Com o empate, o LEC continuou a pressão até o final do primeiro tempo, porém sem êxito.

Veio o segundo tempo e a esperança da virada que deixaria o time ainda flertando com o acesso. As chances se sucediam uma após a outra pelos lados do Londrina. Entretanto o CRB com seu forte sistema defensivo, buscava os contra ataques.

E foi em um deles que saiu o segundo gol alagoano. Aos 31 minutos, Renan pela direita levantou para a área, o lateral Lucas Ramon cortou mal, encontrando novamente Wilians Santana, que fuzilou no meio do gol. Nenhuma chance para o goleiro Wagner.

Gustavo Oliveira/ Londrina Esporte Clube
Gustavo Oliveira/ Londrina Esporte Clube

Bom, aquele ditado: Perdido por um ou por dez é a mesma coisa. O time londrinense lançou se para cima do CRB a fim de empatar e depois virar. Mas nem uma coisa, nem outra. Assim, aos 50 minutos o árbitro carioca Marcelo de Lima Henrique encerrou a partida.

Festa alagoana com o time chegando a 45 pontos, a dois do Paysandu, o primeiro do Z4. Tristeza paranaense por amargar o terceiro ano seguido sem o acesso à Série A.

Mas vida que segue. Os times entram em campo sábado no mesmo horário, às 17 horas. O Galo da Pajussara encara o Figueirense em Maceió, necessitando apenas de um ponto permanecer na B. O Tubarão pega o Guarani em Campinas, apenas para cumprir tabela.

Por fim, fui, bua bua bua bua…….

Comenta aí:

7 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here