A oitava rodada da La Liga teve inicio nessa sexta (05), onde consagrou-se um novo líder. A zebra corre solta e o Sevilla é o novo líder com 1 ponto de distancia do segundo colorado na La Liga.

Real Madrid e Barcelona estavam com um pouco de preguiça de ficar na liderança, mas e o que o Sevilla tem a ver com isso? Isso mesmo, nada.

Athletic Bilbao x Real Sociedad: Entrou e nem bateu na porta

O inicio da oitava rodada se deu com o clássico Bilbao x Sociedad, e o visitante foi folgado  no San Mamés, pintando e bordando o dono da casa. Para fugir da degola o Bilbão precisava ganhar a todo custo, mas o Real precisava subir na tabela. O jogo foi 3×1 para os visitantes. O VAR mais uma vez fez parte da partida. Foram dois pênaltis marcados para os visitantes. Inigo Martínez, ex-sociedade marcou forte o adversário dentro da área, o VAR foi acionado. Confirmando o pênalti, Mikel Oyarzabal mandou o primeiro, dos dois pênaltis cobrado, pro fundo do gol. O Bilbão não contente igualou o marcador, Iker Muniain em bela jogada estufou as redes do visitante.

No segundo tempo, logo aos 2′, Luca Sangalli completou cruzamento de Igor Zubeldia e deixou o Real em vantagem novamente. Mas não contente com o placar, mais um gol para os visitantes. Na segunda cobrança de Oyarzabal, mais um gol de pênalti marcado. Assim, o Bilbão segue sendo porteiro da zona com 7 pontos, na 16ª colocação. De outro lado, Sociedad sobe na tabela pra nono, com 11 pontos conquistados.

Oyarzabal foi o cara da partida (Foto: Divulgação/Twitter La Liga)
Oyarzabal foi o cara da partida (Foto: Divulgação/Twitter La Liga)

Girona x Eibar: Entrou e não bateu na porta- parte 2

Mais um visitante resolveu se dar bem na rodada. O Eibar venceu o Girona no Montilivi por 3×2, em jogo bem movimentado. Aday Benítez deixa o visitante abrir o placar aos 10 depois de meter a mão na bola. Pênalti convertido por Charles. Foram cinco cartões amarelos só no primeiro tempo, e gols bem no finalzinho. Aos 40′ Cristhian Stuani empata para os mandantes de cabeça. A reação foi rápida e o Girona virou aos 42′ com o próprio Stuani de direita pro fundo do gol. Mas o primeiro tempo ainda teve mais um gol, aos 50′ Anaitz Arbilla de cabeça empata a partida, fim da primeira etapa.

O vira vira veio no segundo tempo aos 27′ com Sergi Enrich de cabeça para os visitantes. Fim de jogo, 3×2 Eibar. Assim, os mesmos vão para a décima primeira colocação com com 10 pontos. O Girona perde 4 posições e vai pra 15ª com 9 pontos.

Getafe x Levante: A rodada foi dos visitantes?

Eis mais um que venceu fora. Dessa vez com placar magro, mas o Levante venceu o Getafe no Coliseum Afonso Pérez, em show de tarjetas amarelas. Foram 12 cartões amarelos e 1 vermelho. Ou seja, um jogo bem pegado. O Levante chegou com a bola pois sofria muitas faltas, inúmeros escanteios desperdiçados pelos visitantes. A bola só resolveu entra aos 34′ do segundo tempo com Coke, de cabeça no gol dos donos da casa. O próprio Coke foi expulso três minutos depois. Depois disso, foram mais de 25 faltas anotadas, isso mesmo, o show de cartões não foi atoa. Mas o placar se consagrou esse. Com a vitória, o Levante vai para a 12ª posição com 10 pontos, posteriormente, o Getafe perde 3 e fica em 13ª com 9 pontos somados.

Foto divulgação: La Liga
Foto divulgação: La Liga

Alavés x Real Madrid: Na minha casa, não!

A zebra número 1 ocorreu no Mendizorrotza onde o Alavés derrotou o então líder por 1×0. Julen Lopetegui continua mostrando que está no lugar errado. São 50 mil e 500 minutos do Real Madrid sem marcar gol. O 7 de Ronaldo pede compaixão, já que está sendo mal usada. O Real chegou no máximo com Benzemá, os donos da casa apostaram com Calleri, mas a bola não quis entrar. Jogo fraco, lento e de pouca criatividade terminou no momento que o improvável ocorreu. O Realzão foi derrotado no último minuto do segundo tempo. Manu García riu da zaga do Real e mandou pro fundo do gol, levando o Mendizorrrotza a baixo. Courtois só observou a vitória dos Albiazules.

A crise não só parece como está instalada. Madridistas pelo mundo a fora querem a cabeça do Lopategui, nada justo, pois ter o maior time do mundo nas mãos e não saber escalar é triste. Assim, o Real vai para quinto lugar com 14 pontos. O malandro Alavés está na 4ª colocação com os mesmos 14 pontos.

Leganés x Rayo Vallecano: Fora da lanterna

Para fechar a rodada do sábado, mais uma vitória magra. O Leganés venceu Rayo no Municipal de Butarque por 1×0. Para sair da lanterninha do campeonato, o Leganés precisou propor joga. E foi assim que venceu. O placar foi aberto aos 14′ do primeiro tempo com Carillo, fuzilando as redes de Alberto García. Disposto a ganhar, o Leganés fechou a casinha e o jogo terminou assim. Com o resultado, eles deixam a lanterna indo pra 18ª com 7 pontos. Posteriormente o Rayo desce uma posição e fica com 5 pontos, os mesmos do lanterninha.

Foto: Divulgação/Facebook Rayo Vallecano
Foto: Divulgação/Facebook Rayo Vallecano

Real Valladolid 1×0 Huesca: segue na lanterna

Para iniciar a rodada de domingo, o Real Valladolid recebeu o lanterna Huesca em seus domínios. Relativamente foi um jogo sem grandes emoções. Pois a ineficiência ofensiva das duas equipes me assustou demais. Para quem acordou cedo e assistiu essa partida, desejou ter voltado a cama. Mas, aos 27 minutos da primeira etapa, Rubén Alcaraz cobrou uma falta magistral e marcou o gol do Real Valladolid. No entanto, achei que Enes Ünal sumiu do jogo, pela aposta do Valladolid nele, tem que corresponder a altura. Com esse resultado, o Valladolid alcançou a sétima colocação, com 12 pontos em 8 jogos. Posteriormente o Huesca fica de lanterna com 5 pontos.

Atlético de Madrid 1×0 Real Bétis – Quase não deu

Sim, os Colchoneros tiveram dificuldades em casa contra um Real Bétis em ótima fase. A intenção do Bétis com o 3-4-2-1 era minar as chances do imenso poderio ofensivo que o Atlético de Madrid tem. No entanto, não foi isso que se fez na prática. A equipe visitante não deu nenhum trabalho a Oblak durante o jogo todo. Já os Colchoneros deixaram a posse de bola com os visitantes. E contaram com o dedo de Simeone. Ángel Correa saiu do banco, logo em seguida, recebeu passe de Thomas Partey e bateu colocado, sem chances a Pau López. Assim dando aos Colchoneros a terceira colocação com 15 pontos em 8 jogos. Ficando atrás do Barcelona em saldo de gols e 1 ponto atrás do líder Sevilla.

O Atlético venceu por 1 a 0 (Foto: PIERRE-PHILIPPE MARCOU / AFP)
O Atlético venceu por 1 a 0 (Foto: PIERRE-PHILIPPE MARCOU / AFP)

 Espanyol 3×1 Villarreal: A fase é boa

Por falar em boa fase, temos um claro exemplo dos catalães do Espanyol. Contra um Submarino Amarelo em péssima situação na tabela, o Espanyol abriu o placar já aos 7 minutos. Iglesias que não é o cantor, tocou para Pérez, o ponta apenas teve a tranquilidade para escolher o canto e abrir o marcador aos 7 minutos. Mas, o Villarreal mesmo sendo bombardeado em grande parte do primeiro tempo, conseguiu empatar aos 45 com Toko Ekambi. Com as entradas de Pablo Piatti e Léo Baptistão, o Espanyol voltou a dominar a partida. Tanto que graças a Piatti, Sergi Darder voltou a por o Espanyol na frente do marcador. Já nos acréscimos, Sergio García deu um gol de presente para seu companheiro, Pablo Piatti. Com a vitória, os catalães chegam a 14 pontos na sexta colocação. Já o Villarreal fica em 16ª com 8 pontos.

Sevilla 2×1 Celta de Vigo- O new líder

Sim, meus leitores. Na La Liga, temos um novo líder. O Sevilla conseguiu essa proeza após um difícil jogo em casa contra o Celta. As duas equipes vieram a campo com um esquema de 3 zagueiros. Mas, a criatividade de ambas as equipes foi imensa, com 5 chutes certos a gol do Celta e 3 a gol do Sevilla. Apesar disso tudo, Pablo Sarabia não pareceu se intimidar com esse esquema defensivo dos visitantes e abriu o marcador aos 38 minutos. Isso tudo com um grande passe de Jesús Navas, só pra constar.

A vida do Sevilla só ficou mais fácil aos 58 minutos, com a expulsão de Araujo, zagueiro do Celta. Com isso, três minutos após, Pablo Sarabia deixou Ben Yedder na cara do gol, o francês não titubeou e ampliou para o Sevilla. Já no final do jogo, Simone Boufal diminuiu para o Celta e pôs emoção no jogo. Mas, sem êxito algum. O Sevilla tem 16 pontos em e fica na liderança. Já o Celta em décimo com 10 pontos.

Valencia 1×1 Barcelona: pode ficar com a liderança- Zebra 2

O Mestalla recebia um grande duelo na La Liga, com o Valencia muito mal na tabela e o Barcelona querendo voltar a liderança. O que se viu nos primeiros minutos foi uma pane da defesa blaugrana e Garay aproveitando a sobra para marcar o primeiro gol da partida. Erro clamoroso de Piqué, o chama-gol dos adversários desde 2016-17. Devido a infelicidade da lesão de Gonçalo Guedes, o Valencia perdeu um pouco do ímpeto ofensivo, mas Batshuayi quase ampliou, passando rente a trave de Ter Stegen. No entanto, quem tem Messi inspirado, nunca sairá perdendo. Suárez tocou para Lionel Messi e o argentino marcou um golaço, sem hipótese alguma de Neto pegar.

O que se viu depois foi um Barcelona atacando pouco, ficando mais com a posse de bola, vide Arthur fazendo outra grandiosa partida. Eu acho que Valverde tem que chacoalhar os ânimos, pois é mais um tropeço no Campeonato Espanhol. Já Marcelino aos poucos ajeita o Valencia no ano de seu centenário. O Valencia tem 9 pontos e fica na 13ª colocação. Já os blaugranas ficam em 2ª com 15 pontos conquistados.

Parejo e Rakitic Valencia x Barcelona (Foto: Heino Kalis/Reuters)
Parejo e Rakitic Valencia x Barcelona (Foto: Heino Kalis/Reuters)

Créditos ao glorioso Thiago Alcântara por participação no texto.

Comenta aí:

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here