Finalmente! Depois de quatro jogos sem vencer no Campeonato Espanhol, o Barcelona quebrou o jejum contra o Sevilla, no Camp Nou. Com gols de Coutinho, Messi, Suárez e Rakitic para o time da casa e Lenglet, que marcou contra, e Luis Muriel, diminuindo a diferença no último minuto, tudo valeu a pena. Apesar da vitória, os blaugranas sofreram uma baixa inesperada para uma semana difícil. Em uma dividida, Messi caiu de mal jeito fraturando o rádio do braço direito.

Com a lesão, o argentino deve ficar fora dos próximos jogos da Champions League e da La Liga.

O Barça está vivo!

Philippe Coutinho – Foto: Reprodução/Twitter @FCBarcelona

Era tudo ou nada para os anfitriões. E a crise era tanta que o  técnico Ernesto Valverde decidiu usar o mesmo esquema tático que tem dado certo nos jogos da Liga dos Campeões, com Coutinho na ponta e Arthur na meia-esquerda. Deu certo! Aos 2’ do primeiro tempo, Lionel Messi lançou Coutinho, que chutou de primeira para marcar, 1 a 0. Apesar do susto, os rivais não se abateram. Num contra-ataque, Guilherme Arana chegou livre na área e chutou cruzado direto na trave.

O jogo continuou pegando fogo. Depois de quase fazer o segundo para a equipe catalã no momento anterior, Messi recebeu de Suárez, desviou da zaga, chutou no canto e aumentou a vantagem, 2 a 0. Logo após o gol, um lance deixou a todos preocupados. O argentino acabou caindo de mal jeito, em cima de seu braço. Mesmo com a substituição do jogador, que estava afiado em campo, só deu Barcelona.  Dentre as oportunidades, teve bola raspada na trave com Dembélé e uma oportunidade maravilhosa perdida por Semedo.

No controle

A equipe da casa só precisava manter o resultado para garantir a vitória que não chegava há tanto tempo. Mesmo assim, o Sevilla foi quem partiu para cima logo no começo do segundo tempo. Mas o perigo não durou muito. Aos 9’, um chute bonito de Suárez assustou o goleiro Vaclík e raspou a trave. Quem também estava com sorte era Ter Stegen, que fez milagre ao evitar um gol do adversário em jogada complicada com André Silva e Vásquez.

Marc Ter Stegen – Foto: Reprodução/Twitter@FCBarcelona

Apesar dos lances complicados para os lados, Vaclík acabou abusando da sorte ao derrubar Suárez na área. Pênalti cobrado pelo uruguaio e bem batido, 3 a 0. Durante os minutos seguintes o Barça conseguiu administrar bem o resultado, mas não acabaram contando com uma infelicidade que estava por vir. O meia Sarabia chutou de fora da área, raspando na cabeça de Lenglet para entrar no gol e diminuir a vantagem, 3 a 1.

E ainda teve tempo para mais

Os dois times continuaram ofensivos após os 30’, com destaque para o guarda-metas da equipe catalã. E foi com essa garra que Rakitic pegou a bola, num chute desviado, de primeira, para marcar o quarto dos blaugranas com um golaço. Apesar de ter ampliado o placar, o croata optou por não comemorar por respeito ao seu antigo clube, Sevilla.

Mas não acabou assim não. Aos 46’, Muriel recebeu na entrada da área, chutou bonito para fazer 4 a 2. O jogo ferveu do começo ao fim. Com destaque para Lionel Messi, que mesmo jogando apenas 16 minutos foi decisivo nos dois lances de gols e Ter Stegen, que fez, pelo menos, quatro defesas milagrosas.

Lesão confirmada

Lionel Messi se lesiona – Foto: Reprodução/Twitter @fcbarcelona

A caída de mal jeito de Messi teve consequências duras em semanas decisivas para o Barça. Logo após a partida foi constatada a fratura no rádio do braço direito, que lhe deixará por três semanas em recuperação.

Além disso, seu retorno irá coincidir com datas FIFA de novembro e ampliando sua volta apenas para o dia 24 de novembro, onde a equipe enfrentará o Atlético de Madrid. Mas até lá, o craque argentino perderá os dois jogos contra a Internazionale, pela Champions League e um “El Clásico” pela La Liga.

Por falar em um dos grandes clássicos mundiais, desde 2007 Messi não perdia um Barça x Real Madrid.

Próximos compromissos

Foto: Reprodução/Twitter @FCBarcelona

A semana vai ser complicada para o time catalão. A equipe já treina para receber a Inter no Camp Nou para a terceira rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Os dois são os invictos do Grupo B e deverão fazer de tudo para se manter no topo da tabela.

O jogo acontecerá nesta quarta-feira, 24, às 16h pelo horário de Brasília.

Mas não é só isso. Neste domingo o Barça recebe o Real Madrid em casa, em um confronto sem Messi e Cristiano, que há muito não se via.

“A equipe sempre se fortalece quando o Messi se lesiona” – Josep Maria Bartomeu

Com a vitória sobre o Sevilla, os azulgrená voltam à primeira posição do Campeonato, seguidos por Alavés, o próprio Sevilla, o Atleti em quarto e em quinto, os merengues.

Comenta aí:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here