Almejando planos altos. Assim começou o ano do Figueirense em 2018.

Conquistar uma das vagas para a Série A de 2019 era o principal objetivo da equipe que iniciou o ano treinada por Milton Cruz.

Já no final de 2017, o clube anunciou algumas contratações que deveriam contribuir com esse sonho da diretoria alvinegra.

Romarinho foi umas das grande apostas alvinegras para 2018 (foto: divulgação/FFC)

Inicio de temporada promissor do Figueirense

E no primeiro campeonato de 2018, parecia que tudo estava indo conforme o combinado. O título do estadual deu forças para a equipe acreditar que tudo caminhava conforme o script.

Uma vitória por 2×0 contra a Chapecoense fora de casa coroou o campeonato de recuperação daquela equipe.

Técnico campeão catarinense, Milton Cruz foi demitido no meio da Série B (Foto: Luiz Henrique/Figueirense)
Técnico campeão catarinense, Milton Cruz foi demitido no meio da Série B (Foto: Luiz Henrique/Figueirense)

A Série B e o risco de queda

O que se observou durante a disputa da segunda divisão do brasileirão foi um time de altos e baixos.

Mas que na sua maioria esteve brigando contra o descenso.

Veio a troca de treinador e a situação não melhorou. Rogério Micale não conseguiu colocar a “engrenagem” para rodar e o clube colecionou decepções.

Figueirense perdeu para o Paysandu em casa, na última rodada (foto: Vinicius Nunes/Figueirense)
Figueirense perdeu para o Paysandu em casa, na última rodada (foto: Vinicius Nunes/Figueirense)

E agora o Figueirense chega para a última rodada da competição ainda com uma pequena chance de rebaixamento.

Que ano de 2018 não foi o que se era esperado, todo mundo sabe. Apenas, que não fique pior do que já está!

(foto de capa: Luiz Henrique/FFC)

Comenta aí:

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here