Um quarto membro da delegação do Brasil junto à ONU deu positivo para COVID-19

O presidente do Banco Federal da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, em entrevista coletiva em 6 de julho de 2021 em Brasília, Brasília. REUTERS / Adriano Machado

BRASÍLIA, 26 de setembro (Reuters) – O enviado do presidente Jair Bolsanaro às Nações Unidas, Pedro Guimarães, apresentou teste positivo para Covit-19, informou o banco estatal Gaikza Economic Federal em sua conta na mídia social. Domigo.

Quimeras, que disse ter sido completamente vacinado, foi o quarto membro de um painel positivo a se dirigir às Nações Unidas com o Bolsanaro em Nova York.

Ele disse que era assintomático, mas estava isolado desde quarta-feira, quando voltou ao Brasil de Nova York.

O ministro da Saúde, Marcelo Guerrero, o filho de Bolzano, Eduardo, e um diplomata também foram confirmados como portadores da infecção Covit-19. Guerrero, que foi descoberto durante a visita, ainda está sozinho em um hotel de Nova York.

O presidente disse no domingo que teve um resultado negativo no teste COVID-19. Desde que chegaram ao Brasil, todos os integrantes da delegação de Paulsonaro estão em confinamento solitário e fazem exames devido ao contato com o ministro da saúde.

Relatório de Lisandra Paraguai em Brasília; Edição Diane Craft

Nossos padrões: Políticas da Fundação Thomson Reuters.

READ  Cenário militar rola na capital brasileira antes de tenso referendo

Tadday Köhler

"O desconfortavelmente humilde fã de TV. Generalista de Twitter. Entusiasta de música extrema. Conhecedor de Internet. Amante de mídia social".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to top