Marta e Formica lideram a seleção brasileira de futebol feminino nas Olimpíadas de Tóquio

Marta e Formica vão liderar a seleção brasileira de futebol feminino nos Jogos Olímpicos de Tóquio, que deve ser o canto do cisne internacional.

Marta, 35, ganhou a prata desde 2008, e Formica, 43, ganhou a prata em 2004 e 2008. Esta é a sétima Olimpíada da Formica. Em 2016, a Seleção Brasileira terminou em quarto lugar no Rio de Janeiro.

Relacionado | Neymar deixa a Seleção Brasileira para as Olimpíadas de Tóquio, Danny Alves nomeado capitão

A atacante de 36 anos, que não estava na lista de 18 jogadores da treinadora Pia Sundage na sexta-feira, jogou em todos os principais torneios do Brasil desde a Copa do Mundo Feminina de 2003. Ela tem 14 gols nas Olimpíadas, mais do que qualquer outra mulher da ordem.

O Sundage escolheu quatro jogadores como possíveis substitutos: o goleiro Alain Reyes (Granadilla Denerf), a zagueira Letcia Santos (Eintracht Frankfurt), a meia Andresa Alves (Roma) e o atacante Giovanni Curos (Barcelona).

Relacionado | Copa América 2021: Brasil venceu Peru por 4 a 0

Seleção Brasileira de Futebol Feminino para as Olimpíadas de Tóquio:

Goleiros: Bárbara (Avaí), Letícia Isidoro (Benfica)

Defensores: Poliana, Erica, Tamiers (Corinthians), Bruna Benitez (internacional), Raphael (Palmeiras), Jucinara (Levante)

Meio-campistas: Formica, Tuda (São Paulo), Julia Pianchi (Palmeiras), Marta (Orlando Pride), Debinha (Carolina do Norte Courage), Andresinha, Adriana (Corinthians)

Avançar: Ludmila (Atlético de Madrid), Pia Janerato (Palmeras), Kayes (Madrid CFF).

READ  KVSH e LOthief nos levam em um passeio selvagem para o Brasil

Tadday Köhler

"O desconfortavelmente humilde fã de TV. Generalista de Twitter. Entusiasta de música extrema. Conhecedor de Internet. Amante de mídia social".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back to top