Conheça os descontos da FutFanatics Ofertas Novembro 250x250

Quando os Lakers resolveram negociar a 28ª escolha para mover apenas uma escolha acima, poucos entenderam o motivo.

 

A escolha foi Kyle Kuzma. Ala de 22 anos de idade, que jogou 3 anos na Universidade de Utah e teve média de 10,1 pontos e 5,5 rebotes por jogo.

 

É um jogador de 2,05 metros que tem boa qualidade com as mãos na bola, sabe sair correndo com ela em transição, tem um excelente trabalho de pernas e é ótimo na defesa.

 

Créditos da imagem: Ty Nowell/Los Angeles Lakers

 

Toda essa versatilidade foi o grande motivo pelo qual a franquia californiana fez questão de trazê-lo para seu time. Pelo pouco apresentado até agora, esse esforço parece não ter sido em vão.

 

Pelo contrário. Os Lakers podem ter conseguido um dos maiores “stills” do draft esse ano. Nas palavras de Magic Johnson:

 

Eu vou dizer isso, o “roubo” do Draft vai ser Kyle Kuzma. Esse garoto pode fazer arremessos, também sabe trabalhar a bola e criar jogadas para ele mesmo e para os companheiros

 

Na Summer League de 2017, os Lakers foram campeões. O MVP do torneio foi Lonzo Ball, outro calouro que promete arrebentar na liga.

 

Todavia, o MVP da final foi justamente Kyle Kuzma. Ele fez 30 pontos e pegou 10 rebotes no jogo contra os Trail Blazers.

 

Créditos da imagem: AP Photo/John Locher

 

Nessa pré-temporada, o calouro está impressionando ainda mais. Em quatro partidas, ele tem a excelente média de 19,5 pontos e aproveitamento de 62% nos arremessos em 27,3 minutos de quadra por jogo. De longe, está sendo o melhor jogador dos Lakers.

 

 

Além de ter um físico ideal para ser um jogador versátil e de sucesso na NBA, Kuzma tem uma imensa vontade de aprendizado e de treinamento, o que está arrancando elogios de seu técnico Luke Walton.

 

É um dos calouros com mais confiança que eu já vi. Ele tem uma sede por aprender, está sempre perguntando aos técnicos e veteranos em que pode melhorar. Ele tem impressionado muito. Literalmente, está sempre pronto para jogar, não importa se é um 3×3, desafio de arremessos, atividades pré-treino… ele está sempre competindo. Se você tem um motor como esse, ser um jogador de basquete consistente se torna muito mais fácil

 

Com a temporada regular chegando perto do início, muitos fãs já o querem como titular. O técnico dos Lakers afirmou que ainda prefere vê-lo saindo do banco, mas não descarta a titularidade.

 

Apesar das boas apresentações, o atleta possui muita competição por tempo de quadra com Larry Nance Jr. e Julius Randle, titular há duas temporadas.

 

A única certeza é que a equipe californiana tem uma das equipes mais jovens da liga. Se todos desenvolverem como o esperado, tem tudo para ser uma equipe que brigará fortemente pelo título em cerca de 3 a 5 anos.

Comenta aí:
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Buffer this page