90Goals.com.br

Encontre as últimas notícias do mundo em todos os cantos do globo

A história por trás do boom de grãos no Brasil

Universidade de Zhejiang

Recentemente professor Lin Tao E Kyushi é um professor renomado Ying Yipin Na Universidade de Zhejiang Biosystems College of Engineering and Food Sciences Envolvido em pesquisa conjunta com outros acadêmicos dos Estados Unidos, Brasil e China. Suas descobertas foram publicadas em um artigo de capa “Dupla safra e expansão de áreas agrícolas vão aumentar a produção de grãos no BrasilNa revista Nature Food. Este estudo revela duas estratégias-chave para o crescimento de grãos no Brasil – dupla safra e expansão de áreas agrícolas, nas quais a dupla safra desempenha um papel cada vez mais importante e tem o potencial de garantir o desenvolvimento sustentável da agricultura e a segurança alimentar no Brasil e em outros países tropicais.

O Brasil é o maior exportador de soja e o segundo maior exportador de milho do mundo. Em 2019, as exportações totais do Brasil para a China, incluindo soja, milho e alimentos à base de soja, somaram US $ 57,6 bilhões. A produção e o abastecimento sustentáveis ​​dos grãos básicos do Brasil são cruciais para o desenvolvimento sólido da indústria pecuária da China.

Uma Visão Geral das Condições Históricas de Produção de Milho e Soja no Brasil

Em 2016, o Brasil produziu 96 milhões de toneladas (TM) de soja e 64 toneladas de milho, quatro vezes a produção do país em 1980. Usando o município, os pesquisadores mediram a contribuição da dupla safra e da expansão das áreas de cultivo para a produção de milho e soja no Brasil. Dados de 1980 a 2016. Em nível nacional, a expansão de áreas agrícolas é uma estratégia-chave para aumentar a produção agrícola. Embora sua contribuição tenha caído, ainda foi responsável por 65% do aumento total em 2016. A contribuição da safra dupla para o crescimento de grãos aumentou gradualmente para 35%. As contribuições do cultivo duplo e da expansão da área de cultivo para o treinamento de grãos são espacialmente aparentes. Embora a dupla cultura domine as regiões agrícolas convencionais, a expansão das áreas de cultivo ainda é uma estratégia importante nas fronteiras agrícolas, como o Centro-Oeste e Modobiba.

READ  Morphric do Brasil adquire $ 800 milhões de participação na PRF, torna-se seu maior acionista

Freqüência de colheita dos sistemas de soja e milho nas principais áreas agrícolas do Brasil

Neste estudo, a frequência de cultivo do sistema de soja e milho no Brasil aumentou para 1,25 em 2016 e de 2003 a 2016 compensou a dupla safra equivalente a 76,7 mega terras agrícolas para a produção de milho. Essas descobertas abrem um novo caminho para melhorias e fornecem orientação sobre como garantir a produção de safras e proteção de grãos nas fazendas existentes e como reduzir deslizamentos de terra em todo o mundo.

Contribuição de sete motivadores socioeconômicos e de estrutura da cultura

Desenvolvimento de safra dupla nacional

“Descobrimos que a crescente demanda global por soja e milho é um forte impulso para o crescimento da safra dupla no Brasil, o que nos leva a reconsiderar a ligação entre globalização, desenvolvimento tecnológico e intensificação agrícola”, disse Lin Tao. “A reprodução e a mecanização estão praticando o cultivo duplo em mais e mais regiões do Brasil, e as experiências brasileiras bem-sucedidas no cultivo duplo serão valiosas para outros países pantróficos envolvidos na produção global de grãos.”

/ Lançamento público. Este material vem do sistema de origem e pode ser de natureza pontual, editado para maior clareza, marcha e comprimento. Veja na íntegra Aqui.

Arzu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to top