Após ter sido realizada uma reunião na sede da CBF, nesta terça-feira (06/11), a pedido do Sport Club Internacional. O clube Gaúcho tentou por um fim nas polêmicas envolvendo o VAR, pedindo com que fossem verificadas as últimas rodadas do campeonato brasileiro 2018, porém a federação não ficou de acordo.

Foto: Divulgação

Mesmo com o apoio e as assinaturas dos 15 clubes, o Internacional não foi feliz no caso. A CBF negou o pedido do clube para utilizar o árbitro de vídeo nas seis rodadas finais da competição, mas prometeu estudar VAR para o Brasileirão de 2019.

“Ela (CBF) não vai acatar. Pelo entendimento que tivemos tem duas situações: dificuldades técnicas e respeito à reunião da comissão técnica, que é o órgão soberano que decide isso no início da temporada”, afirmou o presidente do Internacional, Marcelo Medeiros.

Favoráveis a utilização do VAR nas rodadas finais: Além do Inter, Grêmio, Palmeiras, Santos, São Paulo, Flamengo, Bahia, Paraná, Chapecoense e Sport.

Favoráveis, mas com a ressalva de que a CBF arcasse com os custos: Botafogo, Corinthians, Atlético-PR, América-MG, Atlético-MG, Cruzeiro, Fluminense e Vitória.

Apoia a causa desde que clubes e entidade dividissem os custos: Sport

Totalmente contra: Vasco

“Procuramos e conversamos com os 20 clubes, recebemos documentação firmando conosco de 15 clubes. Conversamos com outros tantos, alguns não concordaram, mas a grande maioria se mostra preocupada para trabalhar pelo melhor caminho para a arbitragem brasileira”, completou Medeiros.

Comenta aí:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here