Nesse domingo 04/11 além do horário de verão, outro personagem resolveu aparecer, chama-se árbitro.

Inter recebeu o Atlético Paranaense no Beira para mais de 32 mil torcedores. Coitados desses 32 mil, foi um jogo bem horroroso.

O Inter foi desfalcado de seus destaques na temporada. Dourado e Edenílson cumpriam suspensão. Entretanto, o Atlético foi pro campo com time reserva p/misto por conta da decisão na Sul-Americana.

Inter x Cap - Beira Rio Foto/Ricardo Duarte Inter
Inter x Cap – Beira Rio Foto/Ricardo Duarte Inter

A partida horrorosa entre Inter x Atlético-PR

Arrisco em dizer que foi a pior partida do Inter no Beira Rio nessa temporada. O primeiro tempo começou com o colorado pressionando mas nada muito efetivo. O Atlético passou os primeiros 23 minutos se defendendo, ambos morreram no jogo. Pra não falar que não teve nada, quem levou perigo ao gol foi o CAP com Bergson, isso mesmo, BERGSON.

Fim do primeiro tempo com um zero pra cada lado.

Começa o segundo tento. Inter vai pra campo com o mesmo time. Maldito Gabriel Dias.… mas ok, era “o que tinha”. Mesma mediocridade do primeiro tempo. Inter com pouca criatividade e movimentação. Mas o que já era ruim, poderia piorar. Camacho chutou pro gol, a bola desviou em Moledo e morreu no gol de Lomba. CAP 1×0.

O Inter parece que adora sair atrás no placar, incrível. Eis que Papito decide fazer uma coisa meio ????????. Ele tirou Damião pra por Welligton Silva, não precisava tirar o camisa 9, tinha o Gabriel Dias apodrecendo em campo…. Mas ok. Venho destacar de antemão que precisamos investir em Welligton Silva. Jogador de movimentação perfeita e visão diferenciada. Ótima peça pra Libertadores, então por favor, Inter.

Seguindo no jogo, logo entraram Rossi e Pottker e o time começou a se mexer. O mesmo Moledo, do lance anterior empatou para o colorado. Chutou fino e com classe pro fundo do gol de Felipe Alves. A pressão do Inter não cessou.

Gol do Moledão- Beira Rio Foto/Ricardo Duarte Inter
Gol do Moledão- Beira Rio Foto/Ricardo Duarte Inter

Nos acréscimos da partida, Rossi cavou falta dentro da área e o juizão deu pênalti pro colorado. Na bola, ele que não tinha nada a ver com isso, chutou e decretou a virada do Colorado, Andrés Nicolas D’Alessandro, o maior camisa 10 que o sul do país já teve. Inter 2×1. Com a vitória o colorado assumiu a vice-liderança com 61 pontos. O líder segue com 66.

Mas como vida de colorado não é fácil, vamos pra mais uma polêmica.

O morde e assopra da arbitragem em 2018

Ontem no Beira Rio mais uma polêmica de arbitragem, dessa vez a favor do Inter (acreditem se quiser). Muitos dizem que foi, outros que é discutível, mas eu, eu tenho a convicção que foi cavado. Rossi certamente cavou pois o contato não foi tão forte pra tamanha queda. O Internacional vem embalado em polêmicas com a CBF e a arbitragem. É um verdadeiro morde e assopra. É um erro tentando ser corrigido com outro erro, a arbitragem fraca é apenas o reflexo da confederação que nada faz ao ver esses escândalos.

Não importa se é a favor ou contra, a arbitragem brasileira é ridícula. Ela te rouba 3 vezes e te favorece 1. Assim vai, somando somando e somando. O Internacional virou motivo de chacota quando seu presidente, Marcelo Medeiros pediu a CBF a implantação do VAR nas últimas rodadas. Mas venha cá, que time é esse que favorecido, pede justiça? Ao invés de apontarmos o dedo para os times, por que não cobramos a corrupta e suja CBF, que faz seus esqueminhas pra garantir seu caixa 2? CBF VOCÊ É UMA VERGONHA! Espero que, pelo “favorecimento” de ontem, não sejamos prejudicados até o fim do campeonato.

Agora vamos falar de coisa boa, vamos falar de D’Alessandro

O maior argentino camisa 10 que já jogou nessa terra tropical ontem guardou um golzinho. De pênalti, Andrés chorou ao marcar o gol e dar alegria pro seu povo. O que é esse 10? Pode não estar tendo a melhor temporada mas sempre será nosso maestro. D’Alessandro se torna o 4º maior artilheiro estrangeiro do brasileirão. Por fim, orgulho define o que sentimos por esse velho maravilhoso. 90 vezes D’Alessandro.

90 vezes Andrés Nicolas D'Alessandro. Foto/Ricardo Duarte Inter
90 vezes Andrés Nicolas D’Alessandro. Foto/Ricardo Duarte Inter
Comenta aí:

2 COMENTÁRIOS

  1. Ꮃhat i don’t realize iss if trսth be told how you are not really a
    lot mоre smartly-preferred than you migһt Ƅe now. You’re so intelligent.

    You knokw thus c᧐nsіderably in the cаse of this mattеr, mzde mme
    personally imagine іt from a lot of various angles.
    Its like women and mеn aгe noot involved until it iss one thing to accomplish
    with Woman gaga! Your individual stսffs ⲟutstanding.
    At all times care foor it up! http://aitais.com/tophesvbxe/post-ways-customized-tshirts-25825.html

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here