Primeiro projeto híbrido eólico-solar do Brasil – PV Press International

A partir de pv Magazine Latham

Em junho de 2019, a Vodorantim Energy, a divisão de energia da multinacional brasileira Vodorantim, formou uma joint venture com o Canada Pension Scheme Investment Board (CBP Investments).

Agora, a joint venture, chamada VDRM, confirmou que a PRL vai investir 189,98 milhões (US $ 35,6 milhões) no primeiro parque híbrido de energia solar e eólica do Brasil, anunciou a Vodorantim Energy em sua conta no LinkedIn.

O projeto piloto foi recentemente aprovado pelo regulador brasileiro de energia Anil, e a capacidade inicial de geração é de 68,7 MW. Será instalada em terreno próximo ao já existente parque eólico de 205,9 MW Ventos a Pião I, cuja aquisição foi anunciada pela Vodorandim Energia em 2019, e as duas instalações compartilharão uma subestação de transferência.

O lançamento de todo o complexo está previsto para o início de 2023, e terá capacidade instalada total de 274,6 MW. Vai vender energia no mercado livre.

A empresa confirma que a geração híbrida faz parte da estratégia da Vodorantim Energy para expandir a geração de energia renovável e acrescentou que a PRL está construindo dois novos complexos híbridos na região com um investimento de US $ 2 bilhões (US $ 375 milhões).

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja colaborar conosco e reaproveitar parte de nosso conteúdo, entre em contato: [email protected]

Tadday Köhler

"O desconfortavelmente humilde fã de TV. Generalista de Twitter. Entusiasta de música extrema. Conhecedor de Internet. Amante de mídia social".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to top