No primeiro clássico sem Cristiano Ronaldo e Lionel Messi, desde 2007, não houve dúvidas: só deu Barcelona. Os gols de Coutinho, Vidal e o hat-trick de Suárez deram a vitória para os times da casa, que ainda viram os rivais diminuírem com Marcelo. E para dar ainda mais cor para o primeiro embate entre os blaugranas e merengues, os torcedores receberam os jogadores no Camp Nou com o mosaico “Nós colorimos o futebol”.

Vivendo uma crise complicada, o Real Madrid entrou em campo até esperançoso, mas acabou refletindo todos os problemas que enfrentam no resultado. A situação era tão grave que Lopetegui foi demitido nesta segunda-feira. Lembrando que o técnico foi destituído do comando da Seleção Espanhola ainda durante a preparação para a Copa do Mundo quando afirmou que iria assumir o time madrilenho.

Maestria Catalã

O jogo começou com bastante cautela de parte dos donos da casa, com marcação constante, pressionando os adversários. Mesmo assim, foi do Real a primeira chance perdida, com um chute de Benzema aos 8′. Mas não demorou muito para que o placar mudasse de figura. Jordi Alba recebeu um passe na medida de Rakitic, chegou com velocidade na área tocando para Coutinho abrir o placar aos 12′, 1 a 0.

E o gol pareceu ter afetado os merengues. A apática atuação abria espaço para os craques do Camp Nou, a começar por Arthur, um dos nomes mais exaltados da partida. Mas, se você prefere se basear por dados, aos 19 minutos, a posse de bola blaugrana já era de 70%. Aos 27′, a queda de Suárez dentro da área pelo zagueiro Varane fez o juiz consultar o VAR. Penalidade marcada e cobrança convertida pelo uruguaio, com sucesso, 2 a 0.

O Barcelona continuou atrás do terceiro gol no primeiro tempo, mas sem sucesso. A equipe continuava ofensiva e não dava abertura alguma para os jogadores do Madrid.

Mais e mais Barça

O Real Madrid voltou à campo disposto a recuperar o tempo perdido e fazer por merecer os títulos que recebeu nos últimos anos. Funcionou. Aos 4′ um cruzamento de Isco na área deixou Marcelo sozinho, vencendo Piqué, e chutando bonito para marcar, 2 a 1. E o empate até pareceu questão de oportunidade. Sérgio Ramos e Benzema, que colocou uma bola na trave, tiveram grandes chances de fazer o segundo perdidas.

E não foram só oportunidades dó o time madrilenho, não. Com um passe de Sergi Roberto, Suárez arriscou e parou no poste esquerdo de Courtois. O jogo pegava fogo e as chances chegavam por todos os lados. Por falar em Sergi e Suárez, aos 29′ eles aprontaram novamente. O meia recebeu de Dembelé, deu um passe na medida para Suárez, que cabeceou direto para o gol, 3 a 1.

Goleada para torcedor nenhum botar defeito

Apesar de um chute bem colocado de Asensio, o Real sentiu o baque e, mais uma vez, só deu Barça. Em um erro de Ramos, Sergi Roberto mais uma vez serviu Suárez, que cavou a bola, sem chances para a defesa de Courtois, 4 a 1.

Mas não ficou por isso não. Muito aplaudido pela torcida, Arthur deu lugar a Vidal. E o chileno não perdeu a oportunidade de deixar o dele. Dois minutos após sua entrada, o meia recebeu na área e cabeceou para deixar o seu, 5 a 1.

As duas equipes bem que tentaram modificar o placar nos minutos finais, mas a vitória larga estava decretada.

Clássico dos sulamericanos

Brasil, Uruguai e Chile. Os decisores do confronto nasceram muito longe de onde jogam atualmente. E isso tem se tornado cada vez mais constante nos principais campeonatos de futebol do mundo. Isso sem contar que o argentino Lionel Messi estava apenas nos camarotes.

Por falar nestes jogadores, Arthur, desde que chegou às terras catalãs, e presença constante nas manchetes dos principais periódicos e sites de notícia. O ElPais classificou o meiocampista de “peça chave”. O jornal Sport publicou uma notícia chamando-o de “imperial”. E como se fosse pouco, já está sendo comparado ao craque Xavi.

“Você percebe que Arthur é um jogador diferente, e, sobretudo, sente e entende o jogo do Barça” – Andrés Iniesta

Três vezes ele

Quem está vivendo um misto de felicidade é Luisito Suárez. No último dia 23 de outubro nasceu Lautaro, terceiro filho do craque. Coincidentemente, nesse ‘El Clásico’ marcou três gols, sempre comemorados chupando o dedo, em homenagem ao novo membro da família.

“Fazer um ‘hat-trick’ no Real Madrid é algo que nunca esquecerei. E nesta semana, me tornei pai pela terceira vez. Estou muito feliz” – Luis Suárez

Próximos confrontos

Com a vitória, o Barcelona retoma a liderança na La Liga, com dois pontos de diferença do Atlético de Madrid. Já o Real Madrid caiu para a oitava colocação e espera a definição do novo técnico.

A semana dos blaugranas deve ser cheia. Nesta quarta-feira tem confronto contra a Cultural Leonesa pela Copa del Rey. No sábado a equipe enfrenta o Rayo Vallecano no Campeonato Espanhol. E na próxima terça-feira, a partida de volta contra a Inter de Milão pela Champions League no último jogo o time espanhol venceu por 2 a 0. Todos fora de casa.

Comenta aí:

4 COMENTÁRIOS

  1. I know this if off topic but I’m looking into starting my own weblog and was curious what all is needed to get set up? I’m assuming having a blog like yours would cost a pretty penny? I’m not very web smart so I’m not 100 certain. Any suggestions or advice would be greatly appreciated. Many thanks

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here