A postagem de meu pai no LinkedIn diz que perguntaram ao garoto de 14 anos “Você é menino ou menina” antes de ser atacado

Uma jovem em Amsterdã foi agredida na segunda-feira no que a polícia considera um crime de ódio LGBT, após Compartilhe o pai no LinkedIn Sobre o acidente o vírus se espalhou.

Paul Brink compartilhou uma postagem detalhando a agressão de sua filha, Frederic, que é retratada na publicação com nariz e lábios inchados e lágrimas escorrendo pelo rosto.

Ele escreveu, de acordo com uma tradução tosca do post: “Esta é minha linda filha Frederic, de quem tenho muito orgulho porque ela quer ser o que é.” “Menino ou menina, hetero, gay ou bissexual, ela (e todos nós) não liga.”

Brink afirmou que Frederick estava andando pela rua quando um menino começou a perguntar a ela sobre seu gênero.

“Lá um menino de cerca de 14 anos se aproximou dela ‘Você é menino ou menina !!’ gritou com ela “, escreveu Brink. “Não importa”, minha filha respondeu docemente. “Você é um menino ou uma menina!!” Ele gritou com ela novamente “Eu sou quem eu sou e você pode ser, se quiser”, ela respondeu docemente novamente. “

Brink escreveu que o menino então agrediu sua filha, quebrando seu nariz e vários dentes, deixando-a com a mandíbula quebrada, entre outros ferimentos.

Em nome de minha filha Frederic, apelo a todos aqueles que compartilham a mesma opinião: ‘Você pode ser o que quiser! Vamos, seu covarde! , ”Concluiu a postagem, que se tornou viral.

Na terça-feira, a polícia disse ter prendido um menino de 14 anos sob suspeita de envolvimento no ataque, disse a polícia. Associated Press. A polícia indicou que não descartou outras detenções.

Menno Lange

"Geek da Internet. Entusiasta da comida. Pensador. Praticante de cerveja. Especialista em bacon. Viciado em música. Viajante."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to top