Como GOL e Azul lutam pela integração regional brasileira

Na semana passada, a GOL Linhas Arias adquiriu a MAP Transportes Aéreos, uma pequena operadora regional brasileira. A aquisição desta aeronave possibilitou a missão da GOL de aprimorar a conectividade regional em todo o Brasil. Poucos dias depois, a Azul anunciou um aumento nos serviços em 50 rotas domésticas.

Azul e GOL são altamente competitivas para integração regional no Brasil. Foto: Getty Images

As duas companhias aéreas competem para conectar cidades menores no Brasil, um mercado historicamente desvalorizado. Vamos dar uma olhada em suas táticas e como o novo começo do Brasil, Ita Transport Arios, pode entrar na briga.

Aviso da GOL

A aquisição do MAP pela GOL é um passo estratégico para uma integração racional ao mercado brasileiro de aviação, informou a companhia aérea em comunicado. A MAP foi a quinta maior companhia aérea do Brasil no ano passado. Transportou 64.996 passageiros (ante 128.975 em 2019).

Em junho de 2019, o MAP entregou 144 voos mensais, de acordo com o banco de dados da Síria. Tinha 14 pistas em todo o Brasil, operando com uma estratégia ponto a ponto. Seu maior centro é Manas, e sua rota mais importante é Manas-Prindins. O MAP tem seis aeronaves ADR, modelos 42-200, -300 e -500 ch-aviation.com.

MAP Airlines junho de 2021
Este é o mapa de links regionais do MAP até janeiro de 2021. Foto: Siríaco

Em 2021, o MAP da Síria mostra que o serviço pré-epidemia foi restaurado em 12 das 13 cidades. Os únicos que faltavam eram os trombones. Para a GOL, esse mapa de rotas é importante. Paulo Gakkinoff, CEO da GOL, disse:

“Esta aquisição adicional é um passo significativo em nossa estratégia de expansão da malha e capacidade, pois buscamos renovar a demanda por viagens aéreas entre os viajantes a lazer e a negócios. Dessa forma, a empresa está investindo ainda mais no mercado de aviação regional com ênfase em a região amazônica do Brasil. “

READ  Arrasado pela seca Brasil espera chuvas abaixo da média em setembro
Cartucho GOL Boeing 737-800
A GOL adquiriu recentemente a MAP Linhas Areas. Foto: Getty Images

Ser informado: Inscrever-se Para nossos resumos diários e semanais de notícias de companhias aéreas.

Resposta da Azul

A aquisição do GOL MAP é uma mensagem direta à Asul. Esta última empresa aérea ocupa a primeira posição em termos de locais de atendimento no Brasil. Asul disse que durante os resultados do primeiro trimestre de 2021, a Azul voa para mais de 110 destinos como uma única operadora em 80% das rotas.

A GOL ou a LATAM não voavam para muitas das cidades onde a Azul trabalhava; Apesar da crise da COVID-19, isso permitiu à Azul ter tarifas mais caras em todo o Brasil.

Mapa Original de junho de 2021
Esta é a rota do Mapa doméstico da Azuls até junho de 2021. Foto: Siríaco

Após o anúncio da GOL, a Azul respondeu aumentando suas frequências em 50 rotas domésticas.

Como anunciado Heroína, A Azul fortalecerá suas frequências do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Salvador e Porto Seguro. O objetivo é atrair novamente os turistas brasileiros de inverno.

Além disso, foi um substituto direto para o anúncio da GOL de que a Azul Manas lançará onze novas rotas. Como anunciado AviazionelineHaverá 27 voos diários de Manas para 23 destinos domésticos na Azul. A companhia aérea usará principalmente o Cessna Grand Caravan Navy, que foi comprado quando a empresa lançou o Azul Connecta no ano passado.

Itá Transporte Aéreo
O ITA deve começar a operar no final de junho. Foto: Ita Transport Arios

Um possível terceiro jogador?

Historicamente, o Brasil sempre foi subestimado pelas companhias aéreas. A Asul é a primeira empresa real a operar conexões ponto a ponto. A GOL e a LATAM costumam realizar operações hub-and-spoke das maiores cidades do Brasil.

Além da GOL, em breve a Azul poderá enfrentar um novo desafio em seu roteiro. O Arios de transporte inaugural da IDA está programado para ser lançado no final de junho. Esta semana, a transportadora recebeu sua quarta aeronave A320 (que está avançando com planos cada vez maiores).

READ  Recuperação aérea do Brasil: lenta, mas constante

O ITA espera conectar o Brasil tanto por via aérea como terrestre. A Itaberim, controladora do ITA, é a maior empresa de ônibus do Brasil. Em junho do próximo ano, a startup planeja criar 35 locais em todo o país.

Em abril de 2021, a Azul detinha 37,5% do mercado doméstico, seguida pela GOL com 30% e LATAM com 27%. Portanto, nos próximos meses podemos ver uma mudança no Brasil. Será interessante acompanhar a competição regional da região.

O que você acha dos planos da GOL e da Azulin? Deixe-nos saber nos comentários.

Tadday Köhler

"O desconfortavelmente humilde fã de TV. Generalista de Twitter. Entusiasta de música extrema. Conhecedor de Internet. Amante de mídia social".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to top