MGA revoga licença da DGV Entertainment por falta de pagamento

A Malta Gaming Authority (MGA) revogou a licença do DGV Entertainment Group no país depois que a operadora não pagou as taxas de licenciamento e conformidade. A DGV costumava operar as marcas AurumPalace e FlipperFlip sob licença, mas a permissão foi retirada pela autoridade reguladora.

Em seu julgamento, a MGA disse que a DGV violou uma série de regras, incluindo o Regulamento 3(1)(b) da Taxa de Licença de Jogo, que se refere aos requisitos para os licenciados pagarem a taxa prescrita.

A MGA disse que a DGV ainda não pagou uma taxa de licença acordada de € 25.000 para o período entre 23 de novembro de 2021 e 22 de novembro de 2022, colocando a operadora em violação dos regulamentos.

A DGV também violou o Regulamento 3(1)(a) ao não pagar a taxa de contribuição de conformidade aplicável ao regulador. A MGA disse que a empresa deve um total de € 10.333 pelo mês de dezembro de 2021 até agora.

O regulador disse ainda que a DGV violou a Seção 41(2)(a) da Diretiva de Permissão para Jogar e Conformidade ao não apresentar um conjunto de demonstrações financeiras auditadas entre janeiro e dezembro de 2020 dentro do período de 180 dias apresentado.

Além disso, a empresa não forneceu dados financeiros referentes ao período de 1º de janeiro de 2021 e 30 de junho de 2021, até 30 de agosto de 2021.

A DGV terá 20 dias a partir de hoje para responder à decisão com o motivo pelo qual a MGA não pôde proceder ao cancelamento. Caso não cumpra este pedido, a licença de aposta será retirada e a organização não poderá mais trabalhar com as marcas AurumPalace e FlipperFlip em Malta.

Swanhilda Müller

"Jogador. Introvertido. Solucionador de problemas. Criador. Pensador. Evangelista vitalício de alimentos. Defensor do álcool."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back to top