Polsano diz que vai censurar o sistema eleitoral

SÃO PAULO (AP) – O presidente brasileiro, Jair Bolzano, disse nesta quinta-feira que está tentando censurar o sistema de votação eletrônica antes das próximas eleições, em meio a preocupações de que seu partido político esteja semeando seriamente a desconfiança em seus resultados finais.

“Vamos nomear uma empresa para auditar, conforme permitido pela lei eleitoral”, disse Bolzano durante uma transmissão ao vivo em seus canais de mídia social. “As pessoas querem uma eleição transparente em que os votos para seu candidato sejam contados efetivamente.”

O líder de extrema-direita, que derrubou o ex-presidente de esquerda Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições antecipadas, vem questionando a credibilidade do sistema eleitoral há meses. Críticos e analistas expressaram preocupação de que, se ele perder os resultados das eleições de outubro, Bolzano lançará as bases para concorrer.


As Forças Armadas fizeram nove recomendações à Justiça Eleitoral brasileira para melhorar o sistema, mas até agora nenhuma resposta foi recebida, disse Bolzano em sua transmissão.

“Inicialmente, eles (as Forças Armadas) superaram centenas de baixas com uma escova de dentes fina. Já faz muito tempo… Se as cédulas eletrônicas são imóveis, por que eles (a Justiça Eleitoral) se importam? O presidente disse. “O chefe da Justiça Eleitoral deve agradecer, tomar as providências necessárias e consultar o Comitê das Forças Armadas para que as eleições sejam realizadas sem dúvidas.”

Ele disse que as Forças Armadas “não farão o papel de mero carimbo do processo eleitoral ou participarão como espectadores”.

Durante a transmissão, o general Augusto Helino, um dos principais conselheiros de Bolsanaro, negou uma reportagem divulgada pela agência de notícias Reuters na quinta-feira de que o diretor da Agência Central de Inteligência dos EUA havia dito a altos funcionários brasileiros no ano passado que Bolsanaro deveria parar de lançar dúvidas sobre o seu país. voto. Sistema.

READ  Stellandis fabrica veículo híbrido a etanol no Brasil

O porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Nate Price, disse a repórteres em Washington que não comentaria o que o diretor da CIA, Bill Burns, disse a Bolsanaro ou a qualquer outra pessoa.

“Enquanto os brasileiros enfrentam sua eleição no final deste ano, é importante ter fé em seu sistema eleitoral, e o Brasil está mais uma vez em posição de demonstrar ao mundo a força duradoura da democracia brasileira por meio dessas eleições”, disse Bryce. .

Na quinta-feira, um dia após o prazo de recenseamento eleitoral, a Comissão Eleitoral do Brasil somou mais de 2 milhões de brasileiros com 18 anos ou menos este ano. No Brasil, o voto é obrigatório para qualquer pessoa entre 18 e 70 anos, e há pequenas penalidades para quem não o fizer. Aqueles 16 e 17 podem votar, mas não compulsoriamente.

Nas eleições presidenciais de 2018, quase 116 milhões de eleitores – dos 147 milhões de eleitores registrados – foram às urnas.

A Comissão Eleitoral do Brasil disse que registrou pedidos de registro este ano. Ele disse em comunicado que o número de jovens eleitores que se registraram para votar entre janeiro e abril aumentou 47% em relação ao mesmo período antes das eleições de 2018.

A revolta veio depois que celebridades locais como a cantora Anita e as estrelas de Hollywood Leonardo DiCaprio e Mark Rufallo fizeram uma última tentativa de se registrar em meio a campanhas eleitorais em todo o país.

___ O jornalista da AP Matthew Lee contribuiu para este relatório em Washington.

Tadday Köhler

"O desconfortavelmente humilde fã de TV. Generalista de Twitter. Entusiasta de música extrema. Conhecedor de Internet. Amante de mídia social".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back to top