Voltalia e STOA anunciam parceria para usinas solares no Brasil

Por Voltalia

Esta é uma tradução automática de um boletim original publicado em português

A Voltalia, produtora e prestadora de serviços de energia renovável, e o STOA, fundo de investimento especializado em projetos de infraestrutura, assinaram nesta terça-feira (15/03). Com participação de 33% no Solar Serra do Mel (SSM) 1 & 2 (320 MW), o STOA torna-se acionista minoritário no Rio Grande do Norte, ainda em construção, e sua operação comercial ainda não concretizada. No primeiro semestre deste ano.

As usinas solares SSM1 & 2 estão localizadas entre os municípios de Aria Franca e Serra do Mel, onde a Voltalia desenvolve há mais de uma década, com o cluster Serra Franca, seis parques eólicos em operação e um complexo híbrido com acessibilidade. Até 2,4 GW. Um dos aerogeradores do cluster já tem participação no STOA, que em 2010 adquiriu 33% da capacidade instalada de 152 MW do parque eólico Ventos Serra do Mel 3.

“Este investimento, juntamente com nosso parceiro Voltalia, é o terceiro investimento da STOA na planta Solar Serra do Mel no Brasil. Iniciamos as operações no país no final de 2018. Isso confirma a atratividade da oferta do STOA para fabricantes de energia como a Voltalia. Procuro capital de longo prazo” Disse Mathieu Lebègue, responsável pelas operações do STOA na América Latina

“Temos o prazer de concluir esta segunda parceria com o STOA. Disse Sebastien Clerk, CEO da Voltalia.

“O Brasil é um dos recursos naturais mais ricos do mundo e uma das fontes de eletricidade mais competitivas do mundo a partir de parques eólicos e solares. Robert Klein, CEO da Voltalia no Brasil, acrescenta.

Tadday Köhler

"O desconfortavelmente humilde fã de TV. Generalista de Twitter. Entusiasta de música extrema. Conhecedor de Internet. Amante de mídia social".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back to top