Um Drop. Foi isso o que separou os Buccaneers de uma vitória contra os Falcons na semana 6 da NFL.

Um jogo consistente de Jameis Winston quase levou os Buccs a segunda vitória fora de casa na temporada. Porém os erros defensivos custaram caro; e o caminhão de jardas cedidos pela secundária custou essa vitória.

Ataque contra os Falcons

O que podemos tirar de positivo sobre o jogo contra os Falcons?

O bom desempenho do ataque, é claro. Jameis passou para 395 jardas e 4 touchdowns além de duas interceptações. Por um milagre o jogo terrestre voltou a funcionar. O tão criticado Peyton Barber correu para 82 jardas e 13 tentativas. Desse modo, se juntarmos as jardas corridas por Barber e as corridas em scramble de Jameis, que foram 29, podemos dizer que o jogo terrestre passou das 100 jardas. Algo raro de se ver no ataque do Tampa.

Com Jameis e Barber o tampa finalmente conseguiu passar das 100 jardas no jogo corrído. Foto: Zimbio

Pelo jogo aéreo podemos destacar a dupla de Tight Ends. Cameron Brate e OJ Howard combinaram para 77 jardas e um touchdown para cada um. Chris Godwin e Peyton Barber (pasmem) também entraram na endzone adversária contra os Falcons. Assim o Tampa quase conseguiu sair com a vitória, se Desean Jackson não tivesse deixado a bola escapar na ultima jogada provavelmente veríamos os Buccs saindo com a vitória em Atlanta.

Defesa na semana 6

Já o lado negativo, para variar, foi a secundária. Matt Ryan passou para 355 jardas e 3 touchdowns. Julio Jones recebeu 10 passes para 144 jardas, mas pelo sexto jogo seguido não conseguiu entrar na endzone adversária. Com a entrada da Vea na na linha defensiva o jogo terrestre foi contido, cedendo apenas 57 jardas para os running backs dos Falcons.

Dessa forma, com mais uma atuação patética da secundária, cabeças rolaram. Mike Smith, o coordenador defensivo foi demitido. Assim Mark Duffner, que era o treinador dos linebackers, assumiu o cargo. Essa demissão pode dar uma oxigênada para a os defensores.

Mike Smith foi demitdo do cargo de coordenador defensivo. Foto: Kim Klement/USA TODAY Sports

Ainda correndo atrás de uma resposta algumas informações que circulam dizem que os Buccaneers podem oferecer uma troca aos Cardinals. O cornerback Patrick Peterson,  não está satisfeito com o desempenho do Arizona na temporada, seria a proposta.

Semana 7: Contra os Browns

Agora na semana 7 os Buccaneers tem mais uma oportunidade de voltar a vencer e a sonhar com uma vaga no wild card. Os Browns vêm de atuações incosistentes com seu jovem quartherback e acabaram de trocar seu principal running back para os Jaguars. A secundária terá pela frente Jarvis Landry, que é um dos melhores wide receivers da liga jogando no slot. Assim, como o baixo desempenho de seu QB, Landry não obteve numeros consistentes até agora.

Carlos Hyde, que liderava a equipe em jardas corridas, foi para Jacksonville. Dessa forma podemos esperar um bom desempenho da linha defensiva diante do jogo terrestre.

Jameis vai começar seu segundo jogo como titular na temporada e teremos um duelo interessantes do camisa 3 contra os defensive backs de Cleveland.

Denzel Ward, calouro vindo de Ohio State, no momento é melhor jogador defensivo dos Browns. Será interessante ver seu duelo com Mike Evans. Outro jogador para ficar de olho é Myles Garrett, que é um dos melhores pass rushers da liga.

Enfim, no geral será uma boa partida para se assistir.

Tampa e Cleveland tem muitos pontos a se melhorar e ainda estão vivos na busca pela pós-temporada. Por curiosidade, os Browns e os Buccaneers são as franquias a mais tempo sem participação nos playoffs e nessa temporada esperam por um fim a esse incomodo tabu.

Comenta aí:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here