Exportações de soja do Brasil caem 8,87% no primeiro semestre de 2022 em relação a 2021 – MercoPress

Exportações de soja do Brasil caem 8,87% no primeiro semestre de 2022 em relação a 2021

Sexta-feira, 5 de agosto de 2022 – 08:47 UTC


Safra de soja 2021/22 do Brasil foi 20 milhões de toneladas abaixo do esperado

O Brasil embarcou 55,1 milhões de toneladas de soja no primeiro semestre de 2022, uma queda de 8,87% em relação ao mesmo período de 2021 (60,5 milhões de toneladas), segundo a Associação Nacional dos Exportadores de Grãos. (Anek).

A queda é explicada pelas menores exportações da China (41,6 milhões de toneladas em 2021 e 36,9 milhões de toneladas em 2022) e da Holanda (4º maior destino, 2,5 milhões de toneladas em 2021 e 1,7 milhão de toneladas em 2022). Redução de 11,2% e 32,2% em relação a 2021.

Nesta safra 2021/22, houve uma quebra de safra significativa, que a Anec admite ser cerca de 20 milhões de toneladas a menos do que o esperado. Uma seca severa que atingiu os estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul por vários meses resultou em reduções significativas da produção.

As expectativas iniciais de 144 milhões de toneladas de produção e 92 milhões de toneladas para exportação não se concretizaram devido à seca.

De acordo com Anek, esta é uma evidência sólida de que a soja é uma commodity comum de exportação porque a maior parte é exportada, ao contrário do milho, que é consumido principalmente no mercado interno, principalmente como ração animal.

A safra de soja no Brasil, maior produtor e exportador mundial de oleaginosas, está quase concluída, com uma produtividade de 125,8 toneladas, 300 mil a mais que a estimativa anterior. No entanto, esse valor está 9,4% abaixo do recorde de 2021, segundo a Abiov, associação brasileira das indústrias de óleos vegetais.

READ  O jovem Matildas perdeu para o Brasil na Copa do Mundo

O processamento no Brasil está estimado em um recorde de 48,3 milhões de toneladas, 200 mil a mais que a previsão anterior e 519 mil a mais que o registrado em 2021, segundo dados da associação que reúne as principais empresas do comércio e indústrias do setor.

Com isso, a produção de farelo de soja do país está estimada em 37 milhões de toneladas em 2022, um leve aumento em relação ao mês de 36,77 milhões em 2021.

Apesar do menor teor de biodiesel no óleo diesel brasileiro em 2022, a produção de óleo de soja deve totalizar 9,8 milhões de toneladas ante 9,75 milhões na previsão de junho em relação a 2021 (9,64 milhões).

As exportações de óleo de soja do Brasil são estimadas em 2,15 milhões de toneladas em 2022, acima dos 2 milhões na previsão anterior e 1,65 milhão em 2021, já que o país atende à demanda adicional de países que anteriormente compraram óleo de girassol ucraniano.

Tadday Köhler

"O desconfortavelmente humilde fã de TV. Generalista de Twitter. Entusiasta de música extrema. Conhecedor de Internet. Amante de mídia social".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back to top