Inundações de monções em Bangladesh e na Índia afetam milhões

Abdul Rahman disse à CNN no domingo que pelo menos duas pessoas morreram devido às inundações em Bangladesh. E relatórios de agências de notícias sugerem que o número de mortos é muito maior, com a Reuters relatando 25 mortes no fim de semana, citando autoridades locais.

Abdul Rahman disse que a falta de serviços de telecomunicações tornou difícil fazer uma avaliação completa da extensão dos danos, particularmente nos distritos mais atingidos de Sylhet e Sonamganj.

Ele observou que 90% do distrito de Sonamgang está submerso e está quase completamente isolado do resto do país.

Quase seis milhões de pessoas foram deslocadas pelas inundações, informou a agência de notícias Bangladesh Sangbad Sangsta no sábado.

A Sociedade do Crescente Vermelho de Bangladesh pretende ajudar nos esforços de reassentamento e “fornecer assistência em dinheiro às famílias afetadas pelas enchentes”, escreveu a organização no Twitter no sábado.

Enquanto isso, o estado indiano de Assam, no leste da Índia, vizinho de Bangladesh, foi afetado pelas inundações.

Pelo menos oito pessoas foram mortas lá nas últimas 24 horas, de acordo com a Autoridade de Gestão de Desastres de Assam em um comunicado divulgado no domingo. A agência também disse que inundações e deslizamentos de terra mataram pelo menos 62 pessoas em Assam desde abril.

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, disse em um tweet que estava orando “pela segurança e bem-estar do povo de Assam afetado pelas enchentes”.

Modi disse que conversou com o ministro-chefe de Assam, Hemant Biswa Sharma, e que “avaliou a situação”.

Menno Lange

"Geek da Internet. Entusiasta da comida. Pensador. Praticante de cerveja. Especialista em bacon. Viciado em música. Viajante."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back to top