OCDE pede que Brasil padronize sistema financeiro

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) convocou o Brasil a aderir a duas ferramentas destinadas a uniformizar os fluxos financeiros internacionais e a prestação de serviços entre os países. O pedido foi recebido na quinta-feira, disse o banco central.

“O primeiro documento refere-se aos padrões para ações éticas Fluxos financeiros internacionais, Incluindo pagamentos, transferências, empréstimos, investimentos e compra e venda de moeda estrangeira. A outra baseia-se na prestação de serviços transfronteiriços – como consultoria internacional, serviços jurídicos e de arquitetura”, disse a Comissão Monetária em comunicado.

Segundo o banco central, a convocação não obrigou o Brasil a aceitar integralmente as recomendações e parâmetros da ferramenta. “Nenhum membro da OCDE aderiu a 100% das recomendações do código. Existem oportunidades para aceitação e conformidade, aceitação com reservas, aceitação no prazo e rejeição razoável.

No entanto, as nações são encorajadas a aderir de acordo com suas próprias habilidades e circunstâncias, incluindo a não conformidade se não estiverem preparadas. A Comissão Monetária Brasileira não especifica quais recomendações serão aceitas, se houver.

READ  Queimando Brasil venceu Japão VNL consecutivo

Tadday Köhler

"O desconfortavelmente humilde fã de TV. Generalista de Twitter. Entusiasta de música extrema. Conhecedor de Internet. Amante de mídia social".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back to top